Esclarecimentos WC CSV Sul Americano de Cabrália – BRASIL

Publicado em: 08/03/2018 16:13

A Confederação Brasileira de Voleibol vem através deste esclarecer o motivo da presença da dupla Oscar/Ricardo, na etapa do Circuito Sul Americano de Santa Cruz do Cabrália.

 

Desde quando a etapa fora confirmada, nos foi solicitado pelo promotor do evento um Wild Card para o atleta Ricardo Santos. Em todos os momentos, a CBV informou que, tanto para a convocação quanto para o preenchimento de duplas para a etapa, o ranking de entradas do Circuito Brasileiro serviria como base, conforme previsto no regulamento. Devido a não confirmação de algumas duplas, a Unidade de Vôlei de Praia começou a fazer as convocações das duplas extras.

 

No dia 22.02, foi enviado para a Confederação Sul Americana um e-mail com todas as duplas Brasileiras que disputariam o torneio, totalizando as 16 duplas entre estrangeiras e Brasileiras, ou seja, o torneio já estaria completo e não haveria vaga para a entrada de qualquer outra dupla. Após a desistência de uma das duplas Brasileiras, a CBV continuou seguindo o ranking e convocou mais uma dupla, Anderson Melo e Fábio Bastos.

 

Na quarta-feira (07.03), a CBV recebeu uma carta da Sul Americana avisando sobre a desistência de uma dupla do Paraguai e indicando como WC da CSV que essa vaga fosse preenchida pela dupla Ricardo/Oscar, em virtude da solicitação do promotor e da televisão. Por uma falha de comunicação entre as instituições, foi feito o convite pela CBV por e-mail e WhatsApp a dupla Vinicius/Luciano. Inclusive, a CBV enviou as reservas de voos para que a dupla apenas pagasse as passagens no aeroporto em comum acordo com os atletas Vinícius e Luciano. Como mencionado acima, apenas na da tarde do dia 07.03 a Unidade de Vôlei de Praia recebeu oficio da CSV comunicando o convite por WC a dupla Oscar/Ricardo, sendo assim, a CBV não teria mais esta vaga na etapa em referência. 

 

Informamos ainda, que o atleta Oscar aqui citado e membro da comissão dos atletas, estava ciente da posição da CBV que não haveria por parte desta instituição o benefício do WC a nenhuma dupla nos Campeonatos Sul-Americanos. 

 

Mais uma vez ressaltamos que o WC foi uma prerrogativa da própria CSV.

 

Esperamos assim, ter esclarecidos os fatos e nos colocamos a disposição para dirimirmos quaisquer dúvidas adicionais.