Alison/Bruno Schmidt leva o ouro pela segunda vez na temporada

Publicado em: 21/02/2016 13:59

O sol forte em Natal (RN) não foi um adversário fácil, mas a torcida compareceu em peso e animou a arena montada na praia do Forte para a final masculina da sétima etapa Open do Circuito Brasileiro 2016. Em quadra, Alison/Bruno Schmidt venceu a parceria estreante em decisões Léo Gomes/Bernat (RJ) por 2 sets a 0 (37/35 e 21/17), em 58 minutos.

No jogo de abertura do dia, valendo o bronze, Guto/Saymon (RJ/MS) superou Bruno/Hevaldo (AM/CE) por 2 sets a 0 (23/21 e 21/17), em 44 minutos.

A conquista em Natal foi a segunda de Alison e Bruno Schmidt (ES/DF) na temporada 2015/2016 do Circuito Brasileiro (levaram o ouro na quinta etapa em Curitiba).

“Este foi um jogo digno de final. Não me saí muito bem no primeiro set, senti o calor. Depois entramos no jogo, tivemos paciência de trocar bolas, o set terminou com placar alongado, 37/35. Léo e o Bernat formam um grande time, jogaram a responsabilidade para o nosso lado, tudo estava dando certo para eles. O público de Natal que ganhou com isso. Esse pódio mostra a renovação do voleibol de praia brasileiro”, comentou Alison.

Bruno Schmidt fez coro às declarações do parceiro e assumiu que a responsabilidade no jogo pesa para o lado da dupla mais experiente em brigar por títulos.

“Esta etapa ventou bastante, o que exigiu muito de todos. Ainda jogamos contra um time estreante em finais o que redobra nossa atenção e concentração, pois entram mais com vontade de curtir o jogo, sem pressão e essa pressão toda acaba passando para o nosso lado. A gente acaba se estressando com alguns erros, enquanto eles apenas aproveitam. Temos a responsabilidade de vencer, mas gostamos dessa posição, treinamos para puxar essa responsabilidade. É assim que queremos que encarem o nosso time mesmo”, confirmou Bruno Schmidt

Pela primeira vez em uma decisão de Open, o carioca Léo Gomes comemorou a oportunidade e avaliou como positiva a estreia em uma final, ainda mais contra um adversário tão qualificado.

“Este é o campeonato mais equilibrado do mundo, enfrentamos a melhor dupla do mundo que está classificada para os Jogos Olímpicos e são favoritos, e ainda fizemos um primeiro set espetacular. No segundo set sentimos o desgaste. Nossa vontade agora é treinar mais para crescer e sentir mais vezes essa sensação de estar na final”, disse Léo Gomes.

O jogo

Léo e Bernat não deram margem ao nervosismo e equilibraram as ações desde o começo do set. Alison e Bruno Schmidt cometeram alguns erros de ataque deixando os adversários abrirem 9/12. Após a parada técnica, os atuais campeões mundiais melhoraram o volume de jogo e conseguiram a virada com uma bola de graça, conseguiram virar 13/12. Os cariocas retomaram a liderança, 17/20. No entanto, Alison e Bruno voltaram a reagir e o set virou uma maratona de troca de bolas, terminando em 37/35 para o capixaba e o brasiliense.

A segunda parcial começou mais favorável para Alison e Bruno que impuseram o ritmo do jogo. A dupla abriu 12/9 na parada técnica. Léo e Bernat ainda tentaram a reação com boa sequência de saque, mas os representantes do Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016 administraram o placar e fecharam em 21/17.

A liderança no torneio masculino – até a etapa de Natal - é de Alison/Bruno Schmidt (ES/DF) que soma 2.280 pontos. Na sequência estão Guto/Saymon (RJ/MS), com 2.080 pontos.

Cada dupla campeã de uma etapa do Open soma 400 pontos no ranking da temporada, além de levar para casa um prêmio de R$ 45 mil. Todas as equipes são premiadas, e somando os dois naipes, o torneio distribui mais de R$ 420 mil aos atletas.

O Circuito Open segue com mais uma etapa após Natal (RN): Fortaleza (CE), de 22 a 24 de abril. Além disso, também em 2016 ocorre o SuperPraia, torneio que reúne as oito melhores duplas da temporada e encerra o calendário nacional, que será em João Pessoa (PB), de 5 a 8 de maio.