Ágatha/Bárbara vence Larissa/Talita em duelo ‘olímpico’ e leva ouro em Bauru

Publicado em: 14/11/2015 10:27

Em Bauru (SP) - 14.11.2015

O duelo que todo torcedor brasileiro sonha acompanhar na final dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, ocorreu neste sábado (14.11), em Bauru (SP). Representantes do país na competição, Ágatha/Bárbara Seixas (PR/RJ) e Larissa/Talita (PA/AL) se enfrentaram na quarta etapa do Circuito Brasileiro Vôlei de Praia Open 2015/2016, neste sábado (14.11). Melhor para a paranaense e a carioca, que venceram por 2 sets a 0 (21/17, 21/17) e levaram o título.

Foi o primeiro título da dupla nesta temporada do Circuito Brasileiro, completando um ano extraordinário com conquistas do Campeonato e Circuito Mundial. É a oitava medalha de ouro em etapas nacionais de Ágatha/Bárbara. Já Larissa e Talita, atuais campeãs brasileiras e do World Tour Finals, chegam pela 13ª vez ao pódio do tour nacional, juntas apenas há um ano.

A medalha de bronze ficou com Duda e Elize Maia (SE/ES), que venceram Val e Josi (RJ/SC) na partida anterior, por 2 sets a 0 (21/15, 21/15). Apesar do revés na final, Larissa e Talita seguem na liderança do ranking geral da temporada. Elas somam 1.520 pontos. Duda e Elize Maia estão na segunda posição, com 1.240 pontos. Ágatha e Bárbara, que não haviam disputado a etapa de estreia, em Brasília, chegam aos 1.080 pontos e sobem para a quarta posição.

Bárbara analisou a vitória e explicou a estratégia de atuar de maneira mais relaxada, sem cobrança pela vitória.

"Ágatha e eu estamos sempre tentando se motivar e se ajudar ao máximo. Depois de um ano bastante longo e cansativo, acredito que a cumplicidade tem que estar acima de tudo. Trabalhamos muito bem isso dentro de casa. Contra a Larissa e Talita é sempre um jogo difícil, tenso, então tentamos extravasar, jogar com alegria, usando como uma vantagem. Acho que no final deu certo", destacou a campeã mundial.

A partida começou equilibrada, mas Ágatha e Bárbara foram mais regulares na virada de bola. Atuando de maneira invertida, com a paranaense posicionada na saída de rede, conseguiram dificultar a defesa adversária, especialmente o bloqueio de Talita. Sem ceder erros às adversárias, Ágatha e Bárbara garantiram o triunfo na primeira parcial.

O segundo set não foi muito diferente, mas Larissa e Talita conseguiram encostar no placar em vários momentos, com mais frequência que na primeira parcial. Ainda assim, as campeãs mundiais mantiveram o bom volume de ataque, virando bolas em momentos importantes, sem perderem a liderança. Em ponto de saque, a curitibana e a carioca fecharam o duelo.

"Entramos na decisão pensando em curtir cada ponto, não vamos ficar ansiosas para fechar o placar, não vamos ficar nervosas. Todos os jogos entre nós foram decididos no tie-break. E acho que a razão disso, talvez fosse um pouco de ansiedade. Mudamos para curtir cada ponto, felizmente deu tudo certo, tomamos champanhe no final (risos)", contou Ágatha.

Cada dupla campeã de uma etapa do Open soma 400 pontos no ranking da temporada, além de levar para casa um prêmio de R$ 45 mil. Todas as equipes são premiadas, e somando os dois naipes, o torneio distribui mais de R$ 420 mil aos atletas.

O Circuito Brasileiro Vôlei de Praia Open passa ainda neste ano por Curitiba (SP), de 3 a 6 de dezembro. Os eventos da temporada 2016 ainda será anunciado pela CBV. Além disso, também no próximo ano ocorre o SuperPraia, torneio que reúne as oito melhores duplas da temporada e encerra o calendário nacional.

VEJA A GALERIA DE FOTOS

VEJA OS RESULTADOS DO DIA