Com energia das arquibancadas, Larissa/Talita dominam o Open de Vitória

Publicado em: 09/04/2017 12:44

A expectativa da torcida capixaba de ver a conterrânea Larissa campeã em Vitória (ES) pela quarta vez na história do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia foi atendida prontamente pela atleta. Na manhã deste domingo (09.04), ela, que é natural de Cachoeiro do Itapemirim (ES) venceu, ao lado da parceira Talita, a final feminina do Open na capital do Espírito Santo.

O triunfo sobre as jovens Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE) por 2 sets a 0 (21/17 e 21/15), em 33 minutos, deu a dupla o sexto título no tour nacional na temporada 2016/2017. A medalha de bronze ficou para Ágatha e Duda (PR/SE) que nem precisaram entrar em ação, pois a dupla adversária, Tainá e Victoria (SE/MS) desistiram da partida, em razão de uma lesão no punho da atleta sul-mato-grossense.

Larissa e Talita entraram em quadra ovacionadas pelo público que lotou a arena montada na Praia de Camburi. As duas, já campeãs brasileiras de forma antecipada, contaram com o apoio dos torcedores durante todo o jogo, e usaram esta energia para impor o jogo sobre as adversárias e conquistar mais um ouro, e de forma invicta, sem perder nenhum set. Com o nome ecoando em toda a arquibancada, Larissa agradeceu a força dos conterrâneos presentes na audiência da decisão.

“Nós conseguimos o título do circuito em Maceió (7ª etapa), e viemos de uma sequência de finais. Isso é fruto da maturidade que atingimos como dupla, de conversar sempre. Estou muito feliz de vencer dentro de casa, ter o apoio da família. É a oportunidade que temos de retribuir, de forma presencial, o carinho e o apoio que eles nos dão de forma incondicional” comentou Larissa.

A etapa de Vitória foi a nona e última da temporada 2016/2017 e Larissa/Talita conquistou seis ouros em sete finais. Eleita a melhor jogadora na partida decisiva, Talita agradeceu o carinho dos torcedores e amenizou a importância de um prêmio individual.

“Já é muito bacana quando chegamos em uma arena em qualquer lugar e somos aplaudidas. Mas quando é o seu lugar, onde você é acolhida, se torna ainda mais especial. Jogar com esse apoio é muito bom, pois nos esforçamos para dar um bom espetáculo para eles. Eu fico até um pouco emocionada, porque parece que a arena vem abaixo, sei que tem pessoas que gostam muito da gente. Somos uma dupla que uma completa a outra, só consigo bloquear e atacar bem porque tenho o apoio dela no jogo. Quando perdemos, estamos juntas, quando perdemos, estamos juntas também”, disse Talita, que é de Mato Grosso do Sul, mas federada por Alagoas.

Cada dupla campeã de uma etapa do Open soma 400 pontos no ranking da temporada, além de levar para casa um prêmio de R$ 45 mil. Todas as equipes são premiadas, e somando os dois naipes, o torneio distribui mais de R$ 420 mil aos atletas.

A temporada do Circuito Brasileiro Open 2016/2017 começou em setembro do ano passado e Aracaju (SE) será a oitava parada dos nove eventos programados. O tour já passou por Campo Grande (MS), Brasília (DF), Uberlândia (MG), Curitiba (PR), São José (SC), João Pessoa (PB), Maceió (AL) e Aracaju (SE). A parada de Vitória (ES) é a última da temporada 2016/2017, que se encerra com a realização do SuperPraia em Niterói (RJ) entre os dias 27 e 30 de abril, com as 14 melhores duplas e outras duas parcerias por convite.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro