Qualificatório define as últimas duplas que vão brigar por medalhas em Maringá

Publicado em: 12/05/2017 18:56

Em Maringá (PR) - 12.05.2017 

A temporada 2017 do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Challenger teve início nesta sexta-feira (12.05), em Maringá (PR), com a realização do torneiro qualificatório. Ao longo do dia aconteceram 42 partidas eliminatórias, na Vila Olímpica. Das 50 duplas inscritas, 31 no naipe masculino e 19 no feminino, oito garantiram vitórias e se unem com as 12 já classificadas à fase de grupos pelo ranking ou convite.

Jogando em casa, Arthur Lanci, campeão Mundial Sub-21 e Sub-19, ao lado de Allison Francioni (SC), também campeão Mundial Sub-21, confirmou mais uma participação no Challenger, competição onde ainda não possui nenhuma medalha e disputará apenas esta etapa. Esta é a primeira vez que os jogadores formam uma parceria e disputam um torneio juntos. 

"Fiz questão de participar desta etapa por ser em minha cidade, onde tenho maior orgulho de jogar na presença de toda a torcida, amigos e família. Nas próximas etapas estarei rodando o Circuito Mundial, representando o Brasil pelo mundo, ao lado de Vinícius Freitas (ES). Espero fazer uma boa participação aqui e conquistar uma medalha nesta minha segunda participação no Challenger", comentou Lanci.

Allison Francioni/Arthur Lanci venceram as três partidas do qualificatório por 2 sets a 0. As demais duplas classificadas para a fase de grupos foram: Gabriel Gouveia/Adrielson (RJ/PR), Oscar/Borlini(RJ/ES) e Marcos Cabral/Guto (RJ/SP), todas com três vitórias.

Entre as mulheres, a surpresa foi a classificação da jovem dupla paranaense estreante no torneio Amanda/Ana Luyza, após três vitórias. Além delas, também garantiram a classificação Mayana/Diana (TO/RJ), também com três vitórias e ainda Aline/Thais (SC/RJ) e Vitória/Juliana Simões (RJ/PR), ao vencer duas partidas cada.

"Como não somos dessa categoria, entramos bem tranquilas, sem pretensão e pressão de ter que vencer e tudo foi dando certo. Na última partida já conhecíamos a dupla adversária então jogamos bem conscientes. Não esperávamos essa classificação e o que vier amanhã servirá como uma grande experiência", declarou Amanda.

As quatro duplas classificadas nesta sexta-feira, no masculino, se unem aos times: Léo Gomes/Ferramenta (RJ), Gilmário/Bernardo Lima (PB/CE), Fernandão/Bruno (ES/AM), Ícaro/Fabiano (PB/PE), Averaldo/Léo Vieira (TO/DF), Bernat/Eduardo Davi (RJ/PR), Thiago/Benjamin (SC/MS), Miguel/Ramon Gomes (MS/RJ), Jefferson/Hevaldo (CE), Harley/Luciano (DF/ES), Felipe Cavazin/Pedro Henrique (PR/PB) e Vinícius/Jonas Paixão (ES/RJ).

No feminino já estavam garantidas Andrezza/Andressa (AM/PB), Izabel/Rachel (PA/RJ), Vivian/Bárbara Ferreira (PA/RJ), Tainá/Victoria (SE/MS), Luiza Amélia/Neide (CE/AL), Rafaela/Won-Held (PA/RJ), Aline/Danielle (BA/MS), Val/Ângela (RJ/DF), Renata/Thati (RJ/PB), Bruna/Andrea (PB/AM), Fabíola/Fabrine (RJ/BA), Josi e Lili (SC/ES).

Sistema de disputa
Os 16 times finais são divididos em quatro grupos de quatro equipes e duelam pela primeira fase, no segundo dia de competições (sábado). Os primeiros de cada chave vão direto às quartas de final, enquanto segundos e terceiros colocados jogam uma fase a mais, a repescagem. Ainda no segundo dia ocorrem as disputas das quartas de final. O terceiro e último dia (domingo) tem a disputa das semifinais, bronze e finais.

O Challenger é composto por quatro etapas. Além de Maringá (PR) o torneio terá etapas em Bauru (SP), Palmas (TO) e Rio de Janeiro (RJ). O time vencedor de cada parada soma 400 pontos no ranking, além de receber uma premiação de R$ 13 mil. Somando os dois naipes, o torneio distribui quase R$ 130 mil. Ao final dos quatro paradas, as duplas masculina e feminina que somam mais pontos são eleitas campeãs gerais da temporada.

CAMPEÕES GERAIS DO CHALLENGER

Masculino
2016 
Bernardo Lima/Gilmário (CE/PB) 
2015 
Fábio Guerra/Daniel Souza (RJ) 
2014 
Fernandão/Oscar (ES/RJ) 
2013 
Léo Gomes/Daniel Souza (RJ) 
2012 
Álvaro Filho/Luciano (PB/ES)

Feminino
2016 
Andrezza/Vivian (AM/PA) 
2015 
Duda/Elize Maia (SE/ES) 
2014 
Val/Ângela (RJ/DF) 
2013 
Vivian/Pri Lima (PA/RJ) 
2012 
Thati/Érica Freitas (PB/MG)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro