Ana Patrícia/Rebecca e Allison Francioni/Arthur Lanci conquistam o título em Bauru

Publicado em: 11/06/2017 14:46

Em Bauru (SP) - 11.06.2017

A etapa de Bauru (SP) terminou neste domingo (11.06) com dois campeões inéditos na temporada 2017 do Circuito Brasileiro Challenger. Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) e Allison Francioni/Arthur Lanci (SC/PR) subiram ao lugar mais alto do pódio após grandes jogos nesta manhã, na arena montada no Aeroclube, na Avenida Getúlio Vargas.Os jogos também contaram com transmissão ao vivo no Facebook da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

Allison e Arthur Lanci já haviam levado a medalha de prata na etapa de abertura, em Maringá (PR). Agora, conseguiram subiram mais um degrau. Na decisão, superaram Felipe Cavazin (PR) e Pedro Henrique (PB), filho do campeão olímpico Ricardo, por 2 sets a 0 (23/21, 21/16), em 35 minutos de duração, levando o público, em especial um torcedor, ao delírio.

"Meu pai e eu nos vemos poucas vezes no ano, eu moro em Maringá (PR) e ele em Sorocaba (SP), então foi inesquecível. Pudemos nos encontrar, ele assistiu e ainda consegui sair com a medalha de ouro. É uma emoção indescritível, ainda mais porque somos uma dupla nova, estamos pegando cada vez mais entrosamento, mas a química foi grande. Talvez não sejamos os atletas mais habilidosos, mas quando entramos em quadra é para dar toda gota de suor que temos", analisou Arthur Lanci, ao lado do pai, Valmir Lanci.

Na disputa da medalha de bronze, Léo Vieira e Jô (DF/PB) levaram a melhor sobre Moisés e Gilmário (BA/PB) em uma verdadeira batalha de 57 minutos, triunfando por 2 sets a 1 (21/15, 17/21, 15/12). Foi a primeira etapa da dupla terceira colocada após retomarem a antiga parceria, no começo deste mês.

É o segundo título de uma etapa do Challenger de Allison, que havia vencido em 2014, em Campo Grande, enquanto Arthur chega ao primeiro título de etapa desta competição. Com o ouro, Allison Francioni e Arthur Lanci assumem a liderança do ranking geral masculino, com 760 pontos. 

Ana e Rebecca levam ouro

No naipe feminino, a campeã mundial Sub-21 e dos Jogos Olímpicos da Juventude, Ana Patrícia (MG), e a campeã brasileira em todas as categorias de base (Sub-19, Sub-21 e Sub-23), Rebecca, foram ao lugar mais alto do pódio em Bauru. Elas, que não haviam disputado a primeira etapa da temporada, em Maringá, venceram na decisão Val e Ângela (RJ/DF) de virada, por 2 sets a 1 (19/21, 21/15, 15/9), em 45 minutos.

"Sabíamos que seria muito difícil, Val e Ângela jogaram juntas por várias temporadas e estão retomando uma dupla fortíssima, de muito sucesso. Felizmente conseguimos ter tranquilidade para virar o placar e conseguir o objetivo principal, que era o título. Também somos um time novo, estamos buscando evolução e regularidade, então é ótimo não só pela conquista, mas por termos tido um bom padrão de jogo", analisou Ana Patrícia.

A disputa de bronze teve a medalhista olímpica de Londres, Juliana (CE), e sua nova parceira, a medalhista pan-americana Carolina Horta (CE), como vencedoras. Elas superaram Izabel e Rachel (PA/RJ) por 2 sets a 0 (21/16, 21/13), em 35 minutos de jogo.

Após bronze na estreia em Maringá (PR) e a prata em Bauru (SP), Val e Ângela lideram o ranking geral da temporada com 680 pontos. É o segundo título de etapa de Challenger para Rebecca, que havia vencido em 2016, em João Pessoa (PB).  Já Ana Patrícia vence uma etapa do torneio pela primeira vez na carreira.

O Challenger é composto por quatro etapas. Após passar por Maringá (PR) e agora em Bauru (SP),  as cidades de Palmas (TO) e Rio de Janeiro (RJ) receberão as próximas paradas. O time vencedor de cada etapa soma 400 pontos no ranking, além de receber uma premiação de R$ 13 mil. Somando os dois naipes, o torneio distribui quase R$ 130 mil.

Ao final dos quatro etapas, as duplas masculina e feminina que somam mais pontos são eleitas campeãs gerais da temporada.

VEJA TODOS OS RESULTADOS DO DIA
http://www.aplicativoscbv.com.br/challenger/tabelas_o.asp

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro