Duplas masculinas estreiam com três vitórias na Holanda

Publicado em: 15/06/2017 15:38

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 15.06.2017

Enquanto a maior parte dos brasileiros fãs de vôlei de praia aproveitavam o feriado desta quinta-feira (15.06), do outro lado do Atlântico algumas das principais duplas da modalidade estreavam na chave principal da parada holandesa do Circuito Mundial 2017, em Haia. No naipe masculino, das quatro formações brasileiras, três saíram de quadra com resultados positivos no jogo de estreia.

A competição, que é de categoria três estrelas, contou com rodada única entre os homens. Álvaro Filho/Saymon (PB/MS), George/Vítor Felipe (PB) e André/Evandro (ES/RJ) largaram bem, enquanto Pedro Solberg/Guto (RJ) enfrentou dificuldades na primeira partida.

Atuais campeões brasileiros, Álvaro e Saymon, cabeças de chave do grupo C, venceram a dupla da casa Varenhorst/van Garderen por 2 set a 0 (23/21 e 21/14). O próximo compromisso será contra os medalhistas de ouro no Pan-Americano de Toronto 2015, Virgen e Ontiveros, do México, nesta sexta-feira (16.06). O vencedor do duelo avançar em primeiro lugar e terá vaga direta às oitavas de final.

Pelo grupo D, Evandro e André levaram a melhor sobre o time da Eslovênia formado por Zemljak e Pokersnik, placar de 2x0 (21/17 e 21/19). Eles voltarão à quadra na sexta-feira para enfrentar Beeler/Krattiger, da Suíça, pela liderança da chave.

A parceria recém-formada entre os paraibanos Vítor Felipe e George, que conquistaram um lugar na chave principal após classificação no torneio qualificatório, também fez bonito e passou pelos canadenses Pedlow e Schachter com vitória no tiebreak (21/16, 19/21 e 15/12). Agora eles enfrentarão Winter/Seidl (AUT).

A única parceria brasileira a sofrer revés na primeira rodada foi Pedro Solberg e Guto, que foram superados por Perusic e Schwiner, da República Tcheca por 2 sets a 1 (17/21, 21/19 e 12/15). Eles tentarão se recuperar contra Rudol/Szalankiewicz (POL). Em caso de nova derrota, darão adeus ao torneio.

Esta é a nona etapa da temporada 2017 do Circuito Mundial, sendo a quarta na categoria três estrelas, que distribui 150 mil dólares em prêmios aos atletas. Neste ano os eventos são elencados de uma a cinco estrelas, de acordo com a importância, pontuação e premiação.

Nos sete torneios realizados em Haia, todos com competição nos dois naipes, o Brasil conquistou nove ouros (três com os homens e seis com as mulheres).

O Brasil soma nove medalhas em quatro etapas disputadas no tour (veja a lista abaixo) e lidera o ranking feminino: Ágatha/Duda e Larissa/Talita somam 2.120 pontos, com Fernanda/Bárbara Seixas em terceiro, com 1.600 pontos. No naipe masculino, Álvaro Filho e Saymon são os vice-líderes, com 1.700 pontos, 80 a menos que os russos Liamin/Krasilnikov.

 

BRASIL NO CIRCUITO MUNDIAL 2017

Etapa Fort Lauderdale (EUA) - 5 estrelas 
Álvaro Filho/Saymon - ouro 
Larissa/Talita - ouro 
Evandro/André Stein - prata 
Ágatha/Duda - prata

Etapa Xiamen (China) - 3 estrelas 
Fernanda Berti/Bárbara Seixas - ouro

Etapa Rio de Janeiro (Brasil) - 4 estrelas 
Alison/Bruno Schmidt - ouro 
Ágatha/Duda - ouro

Etapa Moscou (Rússia) - 3 estrelas 
Larissa/Talita - ouro 
Ágatha/Duda - bronze

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro