Brasil segue com força total no torneio masculino

Publicado em: 16/06/2017 15:46

As duplas brasileiras conseguiram um bom desempenho no segundo dia de competição da chave principal, em Haia, na etapa holandesa do Circuito Mundial 2017. André/Evandro (ES/RJ), Álvaro Filho/Saymon (PB/MS), George/Vítor Felipe (PB) e Pedro Solberg/Guto (RJ) conquistaram vitórias importantes nesta sexta-feira (16.06) e avançaram para as oitavas de final do torneio.

Das quatro parcerias verde e amarelas na competição, duas garantiram a vaga direta. André e Evandro (ES/RJ) passaram pelos suíços Beeler e Krattiger por 2 sets a 1 (21/19, 19/21 e 15/11). Na próxima fase, neste sábado (17.06), eles enfrentarão os canadenses Pedlow/Schachter.

Álvaro Filho e Saymon (PB/MS) também conseguiram um lugar nas oitavas de forma direta com a vitória sobre os mexicanos Virgen e Ontiveros no tiebreak, de virada (18/21, 21/17 e 15/9). Agora eles disputarão contra Beeler/Krattiger (SUI) um lugar nas quartas de final.

As outras duas duplas do Brasil precisaram de um jogo a mais para avançar. George/Vítor Felipe (PB) e Pedro Solberg/Guto (RJ) disputaram a repescagem na tarde desta sexta-feira e triunfaram.

A dupla paraibana, que conseguiu uma vitória na primeira partida, não repetiu o mesmo desempenho e foi superada por Winter/Seidl (AUT) por 2 sets a 1 na segunda rodada (21/18, 16/21 e 18/16). Na repescagem, eles conseguiram levara a melhor sobre os australianos McHugh e Schumann por 2x0 (21/18 e 21/18). Os adversários nas oitavas serão os espanhóis Herrera e Gavira.

Pedro Solberg e Guto começaram o torneio com um revés. Na partida seguinte, na manhã desta sexta-feira, eles se recuperaram e bateram Rudol e Szalankiewicz, da Polônia, por 2 sets a 0 (21/15 e 21/18). Em seguida, nova vitória contra uma equipe polonesa, Fijalek/Bryl, por 2x0 (24/22 e 23/21). Na próxima etapa eles medirão forças com Winter/Seidl (AUT).

Esta é a nona etapa da temporada 2017 do Circuito Mundial, sendo a quarta na categoria três estrelas, que distribui 150 mil dólares em prêmios aos atletas. Neste ano os eventos são elencados de uma a cinco estrelas, de acordo com a importância, pontuação e premiação.

Nos sete torneios realizados em Haia, todos com competição nos dois naipes, o Brasil conquistou nove ouros (três com os homens e seis com as mulheres).

O Brasil soma nove medalhas em quatro etapas disputadas no tour (veja a lista abaixo) e lidera o ranking feminino: Ágatha/Duda e Larissa/Talita somam 2.120 pontos, com Fernanda/Bárbara Seixas em terceiro, com 1.600 pontos. No naipe masculino, Álvaro Filho e Saymon são os vice-líderes, com 1.700 pontos, 80 a menos que os russos Liamin/Krasilnikov.

 

BRASIL NO CIRCUITO MUNDIAL 2017

Etapa Fort Lauderdale (EUA) - 5 estrelas
Álvaro Filho/Saymon - ouro
Larissa/Talita - ouro
Evandro/André Stein - prata
Ágatha/Duda - prata

Etapa Xiamen (China) - 3 estrelas
Fernanda Berti/Bárbara Seixas - ouro

Etapa Rio de Janeiro (Brasil) - 4 estrelas
Alison/Bruno Schmidt - ouro
Ágatha/Duda - ouro

Etapa Moscou (Rússia) - 3 estrelas
Larissa/Talita - ouro
Ágatha/Duda - bronze

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro