Brasil avança com quatro duplas no naipe feminino às oitavas de final em Gstaad

Publicado em: 06/07/2017 15:20

Da redação – 06.07.2017

O Brasil terá quatro duplas nas oitavas de final do torneio feminino do Major Series de Gstaad, na Suíça. Ágatha/Duda (PR/SE), Elize Maia/Taiana (ES/CE) e Larissa/Talita (PA/AL) venceram seus confrontos nesta quinta-feira (06.07), e avançaram em primeiro de seus grupos, direto às oitavas de final. Fernanda Berti e Bárbara Seixas foram para a repescagem, mas triunfaram e também conseguiram avançar na competição internacional.

Um dos confrontos será entre brasileiras. Larissa/Talita irá enfrentar Fernanda Berti/Bárbara Seixas na próxima etapa. Os outros duelos serão contra times estrangeiros. Além das oitavas de final, nesta sexta-feira (07.07) também ocorrem as disputas das quartas de final. As semifinais e disputas de medalha serão no sábado (08.07). O link https://ch.swatchmajorseries.com/en/media/mediathek transmite ao vivo.

Larissa e Talita mantiveram os 100% de aproveitamento e fecharam o grupo B com a terceira vitória ao superarem as alemãs Victoria Bieneck e Isabel Schneider por 2 sets a 0 (21/11, 26/24), em 34 minutos de jogo. A classificação em primeiro levou a dupla direto às oitavas, onde enfrentarão as compatriotas Fernanda Berti e Bárbara Seixas.

Ágatha e Duda também fecharam com três vitórias e seguem invictas na competição. Nesta quinta, superaram as canadenses Heather Bansley e Brandie Wilkerson por 2 sets a 1 (21/18, 17/21, 15/13), em 50 minutos. Nas oitavas, a dupla campeã da etapa do Rio de Janeiro enfrentará as vencedoras do duelo entre Kerri Walsh e Branagh, dos EUA, contra as suíças Huberli e Betschart, da Suíça, em jogo que acontece ainda hoje.

Quem também foi direto às oitavas de final foi a parceria formada por Elize Maia e Taiana (ES/CE), que vieram do country quota. Elas conquistaram a terceira vitória na chave ao superarem as irmãs ucranianas Inna e Iryna Makhno por 2 sets a 0 (21/10, 21/16), em 28 minutos. Nas oitavas de final elas encaram as australianas Bawden e Clancy.

Fernanda e Bárbara Seixas tiveram um caminho um pouco mais longo. Na última rodada da fase de grupos, acabaram superadas por 2 sets a 1 (17/21, 25/23, 15/13) para as suíças Joana Heidrich e Anouk Vergé-Depré. Na repescagem, porém, as brasileiras dominaram o confronto contra as canadenses Julie Gordon e Camille Saxton, vencendo por 2 sets a 1 (21/13, 19/21, 15/8).Nas oitavas, as adversárias serão Larissa e Talita.

Juliana e Carolina Horta deram adeus ao torneio nesta quinta-feira. Elas venceram na fase de grupos as espanholas Elsa Baquerizo e Amaranta Navarro por 2 sets a 0 (21/14, 21/15), em 28 minutos, terminando em terceiro na chave. Na repescagem, porém, a dupla acabou superada por Bansley e Wilkerson, do Canadá, por 2 sets a 0 (21/18, 21/18), em 38 minutos, dando adeus ao torneio.

O Major Series de Gstaad distribui 600 mil dólares em prêmios aos atletas, além de 1.200 pontos à dupla campeã. Este é o 18ª ano consecutivo que a cidade recebe uma etapa, sendo um dos torneios mais tradicionais do circuito e um dos preferidos dos atletas, aos pés dos Alpes. O Brasil é o maior vencedor na Suíça, com 17 ouros sendo nove entre as mulheres e oito entre os homens.

VEJA OS RESULTADOS DO DIA NO TORNEIO FEMININO
http://worldtour.2017.fivb.com/en/wgst2017/women/results/maindraw

VEJA AS FOTOS DO DIA DO TORNEIO FEMININO
http://worldtour.2017.fivb.com/en/wgst2017/women/photos/maindraw

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro