Brasil avança com quatro duplas no masculino à fase eliminatória em Gstaad

Publicado em: 07/07/2017 14:28

Da redação – 07.07.2017

O Brasil avançou com as quatro duplas do torneio masculino para a fase eliminatória do Major Series de Gstaad, na Suíça. Nesta sexta-feira foram duas vitórias e duas derrotas. Álvaro Filho/Saymon (PB/MS) e Evandro/André Stein (RJ/ES) saíram em primeiro de suas chaves, enquanto Alison/Bruno Schmidt (ES/DF) e Pedro Solberg/Guto (RJ) partirão da repescagem.

As partidas continuam neste sábado (08.07), com jogos válidos pela repescagem, oitavas de final e quartas de final. No domingo (09.07) acontecem as duas semifinais, a disputa da medalha de bronze e a final. O SporTV transmite os dois últimos jogos do domingo, valendo medalha, ao vivo, a partir das 8h50 (de Brasília).

Álvaro Filho e Saymon foram a única dupla brasileira a manter os 100% de aproveitamento na primeira fase. Nesta sexta eles superaram os poloneses Fijalek e Bryl por 2 sets a 1 (18/21, 21/18, 16/14), em 55 minutos de duração, terminando em primeiro no grupo A. Eles encaram o time vencedor do duelo entre os brasileiros Alison/Bruno e os italianos Nicolai/Lupo, campeões e vice-campeões, respectivamente, dos Jogos Rio 2016.

“Ganhamos nossos três jogos e isso é ótimo, pois pulamos uma fase, podemos recuperar mais a parte física, observar os outros times. O torneio está maravilhoso, sol e com a temperatura bastante agradável, Gstaad é uma cidade linda e inspiradora, a energia é maravilhosa para jogar aqui”, declarou Saymon após a vitória desta sexta.

Quem também avançou direto às oitavas de final, em primeiro no grupo F, foi Evandro/André Stein. A parceria acabou superada pelos espanhóis Herrera e Gavira em 36 minutos, por 2 sets a 0 (18/21, 17/21), empatou em pontos, mas avançou em primeiro lugar da chave pelos critérios de desempate (saldo de pontos). Nas oitavas eles enfrentam os vencedores do duelo entre os austríacos Doppler/Horst e os brasileiros Pedro Solberg/Guto.

Os campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt terminaram o grupo H em segundo lugar. Conseguiram vitória sobre os suíços Beeler e Krattiger  por 2 sets a 1 (19/21, 21/11, 15/10), em 42 minutos, mas ficaram atrás dos cubanos Nivaldo e Sérgio Gonzalez, que venceram todos os jogos. Na repescagem, encaram os italianos Nicolai e Lupo.

Pedro Solberg e Guto (RJ), que seguem numa sequência de vários jogos, por terem dito que passar pelo country quota e classificatório nos últimos torneios, acabaram superados nesta sexta-feira, mas avançaram. A derrota por 2 sets a 1 (14/21, 21/17, 18/16) para os canadenses Sam Pedlow e Sam Schachter, em 45 minutos, deixou o time na terceira posição do grupo B. A repescagem será contra os austríacos Doppler/Horst.

O Major Series de Gstaad distribui 600 mil dólares em prêmios aos atletas, além de 1.200 pontos à dupla campeã. Este é o 18ª ano consecutivo que a cidade recebe uma etapa, sendo um dos torneios mais tradicionais do circuito e um dos preferidos dos atletas, aos pés dos Alpes. O Brasil é o maior vencedor na Suíça, com 17 ouros sendo nove entre as mulheres e oito entre os homens.

VEJA OS RESULTADOS DO DIA NO TORNEIO MASCULINO
http://worldtour.2017.fivb.com/en/mgst2017/men/results/maindraw

VEJA AS FOTOS DO DIA DO TORNEIO MASCULINO
http://worldtour.2017.fivb.com/en/mgst2017/men/photos/maindraw

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro