Álvaro Filho/Saymon vence Evandro/André Stein e leva bronze no Major de Gstaad

Publicado em: 09/07/2017 12:59

Da redação – 09.07.2017

O Brasil conquistou mais uma medalha no Circuito Mundial 2017, desta vez com a atual dupla campeã brasileira. Álvaro Filho e Saymon (PB/MS) ficaram com o bronze do Major Series de Gstaad, na Suíça, ao superaram Evandro e André Stein (RJ/ES) na manhã deste domingo (09.07). Triunfo por 2 sets a 0 (21/12, 21/18), em 36 minutos de duração.

O terceiro lugar dá 720 pontos para Alvinho e Saymon no ranking geral do Circuito Mundial, além de um prêmio de 20 mil dólares. Já Evandro e André somam 600 pontos e ganham 16 mil dólares pela quarta colocação. Foi uma repetição da final do Major Series de Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, com mesmo resultado final.

O Brasil tem agora nove ouros, três pratas e quatro bronzes no Circuito Mundial 2017 (veja todas abaixo).É a segunda medalha da dupla, a oitava de Alvinho, contando outros parceiros. Já Saymon conquista sua sétima medalha internacional na carreira. Após o resultado, Alvinho analisou a vitória e elogiou os rivais brasileiros na disputa pelo pódio.

“Esse terceiro lugar foi muito importante para nós, tem gosto de ouro. Queremos evoluir a cada dia, buscar essa constante melhora é o mais importante. É sempre muito difícil jogar contra Evandro e André, pois são dois grandes sacadores, atletas altos, que estão jogando muito bem. O saque do Evandro é o melhor do mundo, o André tem um saque flutuante muito bom também, então isso coloca muita pressão na recepção do adversário. A gente tem que estar sempre muito atento”, analisou Álvaro Filho.

Saymon também comentou o resultado no Major Series de Gstaad e o retorno ao pódio do Circuito Mundial.

“Gstaad é um lugar muito importante para mim, uma cidade que me dá ótimas energias, é um terceiro lugar importante. Jogar feliz, se divertindo, é algo fundamental, e conseguimos fazer isso. Temos que agradecer nossa comissão técnica, nossas famílias. Agora vamos pensar nos próximos torneios e na preparação para o Campeonato Mundial”.

Alvinho e Saymon começaram o dia sendo superados pelos poloneses Losiak e Kantor por 2 sets a 1 (21/19, 15/21, 13/15), na semifinal da competição, em 54 minutos de jogo. Na outra semi, Evandro e André foram batidos pelos norte-americanos Dalhausser e Lucena  por 2 sets a 0 (21/19, 21/18), em 48 minutos de partida.

O próximo desafio dos brasileiros no Circuito Mundial acontece de 19 a 23 de julho, no torneio quatro estrelas da Polônia, na cidade de Olsztyn. Antes, porém, os jovens da base disputam o Campeonato Mundial Sub-21 na cidade de Nanquim, na China, de 11 a 16 de julho.

O Major Series de Gstaad distribui 600 mil dólares em prêmios aos atletas, além de 1.200 pontos à dupla campeã. Este é o 18ª ano consecutivo que a cidade recebe uma etapa, sendo um dos torneios mais tradicionais do circuito e um dos preferidos dos atletas, aos pés dos Alpes. O Brasil é o maior vencedor na Suíça, com 17 ouros sendo nove entre as mulheres e oito entre os homens.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro