Evandro e André Stein vencem canadenses e avançam à semifinal em Viena

Publicado em: 05/08/2017 12:40

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 05.08.2017

O Brasil está na disputa por medalhas do Campeonato Mundial de vôlei de praia 2017 também no naipe masculino. Evandro e André Stein (RJ/ES) venceram os canadenses Saxton e Schalk por 2 sets a 1 (17/21, 22/20, 15/10) na manhã deste sábado (05.08), nas quartas de final, e avançaram na busca por um lugar no pódio. Ainda neste sábado, Larissa e Talita haviam garantido medalha de bronze ao Brasil no torneio feminino.

Na semifinal, a partir das 5h (de Brasília), Evandro e André Stein encaram os holandeses Van Garderen e Christiaan Varenhorst, com transmissão ao vivo do SporTV. Os times já haviam se enfrentado na fase de grupos, com vitória por 2 sets a 1 dos brasileiros. A decisão do bronze e do ouro acontece ainda no domingo, a partir das 9h.

A outra semifinal será disputada entre os vencedores dos confrontos das duas partidas das quartas de final, que ainda estão em andamento. Os norte-americanos Phil Dalhausser e Nick Lucena encaram os russos Krasilnikov e Liamin, enquanto os donos da casa Doppler e Horst enfrentam os poloneses Losiak e Kantor.

Evandro comentou a classificação para a semifinal. O carioca foi terceiro colocado na última edição, jogando ao lado de Pedro Solberg, e quer pensar jogo a jogo.

“Estou muito feliz que chegamos às semifinais. É a segunda vez que chego no ‘final four’ em três campeonatos mundiais. Mas sei que é um torneio totalmente diferente a partir de agora. Estamos jogando bem, estamos confiantes, mas temos que manter os pés no chão. Temos que seguir pensando jogo a jogo, ainda não é o momento de pensar no ouro. Amanhã será um novo dia e uma partida diferente”, analisou Evandro, que anotou seis aces.

André Stein, que disputa pela primeira vez o Campeonato Mundial, foi o maior pontuador do duelo, com 30 acertos. O capixaba comemorou a vaga e destacou o poder de reação que o time está apresentando no torneio, com segundo triunfo de virada.

“Estava um pouco nervoso no primeiro set e cometi alguns erros, mas Evandro foi importantíssimo por nos manter no jogo. Nossa estratégia funcionou melhor no segundo set, colocamos mais pressão neles. Tivemos alguns erros, mas soubemos lidar com eles para vencer. No tie-break mantivemos o momento. Aprendemos a cada jogo que não podemos deixar de acreditar em nós mesmos, não podemos desistir”, disse André, que completou.

“É meu primeiro Campeonato Mundial, nossa primeira temporada juntos e sabemos que temos muito a evoluir. Nós mudamos nossa estratégia durante o jogo (Evandro passou a atuar no bloqueio) porque ainda estamos descobrindo a melhor maneira de fazer o time funcionar. Essa vitória significa muito, estamos aqui e quero uma medalha”.

A arena central da etapa, com capacidade para 10 mil pessoas, fica em uma ‘ilha’ no Rio Danúbio, que cruza a capital austríaca. O Campeonato Mundial 2017 contará com duplas de 40 países jogando um total de 216 jogos em nove dias.

O Campeonato Mundial é o principal torneio da temporada, com uma premiação total de 1 milhão de dólares (500 mil para cada naipe), e 1.600 pontos aos campeões no ranking geral. O Brasil é o maior vencedor da competição bienal, tendo conquistado seis títulos entre os homens e outros cinco entre as mulheres.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro