Rio de Janeiro vence em casa nos dois naipes na última etapa do ano

Publicado em: 09/08/2017 16:06

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 09.08.2017

Os campeões da etapa do Rio de Janeiro do Circuito Brasileiro Sub-21 e também os campeões gerais da temporada 2017 foram conhecidos nesta quarta-feira (09.08), na Escola de Educação Física do Exército, na Urca. O Rio de Janeiro venceu as finais com Gabriel Gouveia/Igor Borges e Vitoria/Giovanna, mas ficou com o título geral apenas no masculino.

Entre as mulheres, as representantes do Ceará ficaram com a prata na Urca, mas terminaram em primeiro lugar geral, somando a pontuação das quatro etapas. Na decisão, triunfo de Vitória e Giovanna (RJ) por 2 sets a 1 (12/21,21/15,15/10) sobre Talita e Teresa (CE). Na disputa de bronze, vitória de Aninha/Victoria (MS) por 2 sets a 1 (21/17, 19/21, 14/16).

O Ceará encerrou o ranking feminino com 680 pontos, com um ouro, uma prata, um bronze e um quarto lugar. Seguido pelo Rio de Janeiro, que nas quatro paradas somou 660 pontos.

A final masculina foi vencida por Gabriel Gouveia e Igor Borges (RJ), que superaram Gabriel Santiago/Romildo (DF) por 2 sets a 1 (19/21, 21/14, 17/15). Na disputa da medalha de bronze, melhor para a dupla Adrielson/Patrick (PR), que venceram por 2 sets a 0 (21/19, 21/16) Raul/Matheus (SE) nas quadras montadas na Escola de Educação Física da Urca.

O ranking geral do naipe masculino terminou com o Rio de Janeiro em primeiro lugar, com 760 pontos, conquistando dois ouros e duas pratas. O Paraná terminou na segunda posição, com 660 pontos, somando um ouro, dois bronzes e um quarto lugar.

O Circuito Brasileiro Sub-21 é composto por quatro etapas ao longo de 2017. Após as paradas em Maceió (AL), Maringá (PR) e Bauru (SP), ele se encerra nesta parada do Rio de Janeiro (RJ).  Os pontos obtidos em cada etapa vãos para o estado e o campeão geral é determinado ao final das paradas, com o somatório total.

Assim como ocorre no Circuito Brasileiro Sub-19, o Sub-21 é um campeonato de seleções estaduais, com duplas da mesma federação. Ele mantém o formato das últimas duas temporadas, com cada estado indicando suas delegações nos dois gêneros em busca do título. Além dos atletas, que podem ser alterados a cada etapa, as federações elegem um técnico.

VEJA OS RESULTADOS DO DIA NO MASCULINO
http://www.aplicativoscbv.com.br/sub21/tabsub21new/tabelatodas.asp?site=11&sexo=m

VEJA OS RESULTADOS DO DIA NO FEMININO
http://www.aplicativoscbv.com.br/sub21/tabsub21new/tabelatodas.asp?site=11&sexo=f

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro