Evandro e André ficam com a medalha de prata no Finals, em Hamburgo

Publicado em: 27/08/2017 14:43

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 27.08.2017

O Brasil ficou com a medalha de prata no World Tour Finals 2017, encerrado neste domingo (27.08), em Hamburgo, na Alemanha. Evandro e André Stein (RJ/ES) acabaram superados pelos norte-americanos Dalhausser e Lucena por 2 sets a 0 (21/15, 21/13), em  36 minutos e subiram ao pódio na etapa que reúne as melhores duplas da temporada.

O vice-campeonato em Hamburgo rende uma premiação de 75 mil dólares ao time brasileiro. É a terceira medalha no Circuito Mundial 2017 para Evandro e André, que estão apenas no primeiro ano de parceria. Eles levaram o ouro no Campeonato Mundial, em Viena, além da prata no Major Series de Fort Lauderdale, nos EUA.

“Ficamos tristes porque queríamos a vitória, mas é um prazer termos feito esse caminho até outra final após o Campeonato Mundial. Eles são um time muito bom e consistente, e estivemos abaixo do nosso nível. Nosso saque não funcionou hoje e eles nos colocaram em situações de pressão em muitos momentos. Sabemos que temos muito a crescer e vamos trabalhar muito para isso”, analisou André Stein após a final.

A prata da dupla rende ao Brasil a 24ª medalha na temporada 2017 do Circuito Mundial, sendo 12 de ouro, cinco de prata e sete de bronze (veja todas abaixo).

“A temporada foi positiva para nós, especialmente depois de termos conquistado o Campeonato Mundial, mas sabemos que ainda temos muitas coisas para melhorar. Aprenderemos com essa derrota e será motivação para o que ainda virá", disse Evandro.

Evandro é o único atleta do naipe masculino a subir ao pódio do Finals nas três edições já realizadas. Ele soma um bronze (2015) e uma prata (2016) ao lado do antigo parceiro Pedro Solberg, e agora a prata deste final de semana com André Stein.

O próximo desafio das duplas brasileiras acontece na estreia do Circuito Brasileiro de vôlei de praia. A primeira etapa da temporada 17/18 ocorre de 13 a 17 de setembro, em Campo Grande (MS). Evandro e André Stein serão uma das atrações na disputa.

O Jogo

O Brasil começou sacando em Dalhausser e apresentando um bom volume de jogo. Em contra-ataque aproveitado por André, o time verde e amarelo abriu 4 a 2 no placar. Os norte-americanos mantiveram o foco e chegaram ao empate pouco depois: 5 a 5. Após troca de pontos, Evandro e André passaram a ter dificuldades na construção dos lances, em passe e levantamento, e pararam o jogo quando o time dos EUA vencia por 10 a 7.

Mais regulares na virada de bola, os norte-americanos abriram 16 a 12 em ataque de Lucena explorando bloqueio de André. A dupla brasileira acabou oscilando, ainda tentou reduzir a diferença, mas os saques forçados acabaram não sendo efetivos. Administrando a vantagem, Dalhausser e Lucena fecharam o primeiro set por 21 a 15.

O segundo set começou com o Brasil tendo dificuldades para pontuar, com os EUA abrindo 6 a 2 logo no início e forçando pedido de tempo. Dificultando ainda mais, Dalhausser começou a aparecer com frequentes bloqueios. Na primeira parada técnica, o placar apresentava vitória parcial dos norte-americanos por 13 a 8.

O Brasil chegou a melhorar no duelo, mas Dalhausser e Lucena não deixavam a diferença cair, pois praticamente não erravam na virada de bola. A diferença foi sendo mantida e, em contra-ataque de Dalhausser com diagonal potente, a dupla norte-americana fechou a segunda parcial por 21 a 13 e garantiu o título.

Esta é a segunda vez que a cidade de Hamburgo recebe uma etapa do Circuito Mundial. No ano passado a cidade alemã sediou um Major Series com vitória das alemãs Laura Ludwig/Kira Walkenhorst e dos norte-americanos Dalhausser/Lucena.

Os jogos são disputados no Am Rothenbaum, estádio de tênis que se transforma em arena de vôlei de praia. O World Tour Finals dará 100 mil dólares aos times campeões de cada naipe, mas não conta pontos ao ranking.

VEJA TODOS OS RESULTADOS E FOTOS DO DIA
http://worldtour.2017.fivb.com/en/528/schedule

BRASIL NO CIRCUITO MUNDIAL 2017

Etapa Fort Lauderdale (EUA) - 5 estrelas
Álvaro Filho/Saymon - ouro
Larissa/Talita - ouro
Evandro/André Stein - prata
Ágatha/Duda - prata

Etapa Xiamen (China) - 3 estrelas
Fernanda Berti/Bárbara Seixas - ouro

Etapa Rio de Janeiro (Brasil) - 4 estrelas
Alison/Bruno Schmidt - ouro
Ágatha/Duda - ouro

Etapa Moscou (Rússia) - 3 estrelas
Larissa/Talita - ouro
Ágatha/Duda – bronze

Etapa Haia (Holanda) – 3 estrelas
Maria Elisa/Carol Solberg – ouro
Ágatha/Duda – bronze

Etapa Mônaco (Mônaco) – 1 estrela
Julian/Carol Horta - ouro

Etapa Porec (Croácia) - 5 estrelas
Pedro Solberg/Guto - ouro
Alison/Bruno Schmidt - bronze

Etapa Gstaad (Suíça) - 5 estrelas
Larissa/Talita - prata
Álvaro Filho/Saymon - bronze

Etapa de Olsztyn (Polônia) - 4 estrelas
Larissa/Talita - ouro
Ágatha/Duda - bronze

Etapa de Espinho (Portugal) - 2 estrelas
Vitor Felipe/George - ouro

Etapa de Viena (Áustria) - Campeonato Mundial 
Evandro/André Stein - ouro
Larissa/Talita - bronze

Etapa Hamburgo (Alemanha) - World Tour Finals
Ágatha/Duda - prata
Evandro/André Stein - prata
Larissa/Talita - bronze

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro