Nova geração marca presença nas semifinais da etapa de Itapema (SC)

Publicado em: 17/11/2017 17:29

As semifinais do torneio feminino na etapa de Itapema (SC) do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia foram definidas nesta sexta-feira (17.11), após 12 partidas na arena montada na Meia Praia. E a disputa por uma vaga na decisão terá equipes da nova geração contra atletas mais experientes, que lideram o ranking geral da temporada 2017/2018.

As semifinais neste sábado (18.11) terão Maria Elisa e Carol Solberg (RJ), que estão em primeiro na classificação geral, encarando Tainá (SE), de 22 anos, e Victoria (MS), 18, às 11h30. Já Ágatha/Duda (PR/SE), em segundo na soma de pontos do tour, encaram Ana Patrícia (MG), de 20 anos, e Rebecca, 24, na outra semifinal, marcada para mais cedo, às 10h40.

Esta é a terceira etapa da temporada 2017/201. Na primeira, em Campo Grande (MS), Larissa e Talita saíram com o ouro, enquanto Ágatha/Duda venceu a parada em Natal (RN). As duas partidas das semifinais serão transmitidas ao vivo no Facebook da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Já as disputas de bronze e ouro ocorrem ainda neste sábado, às 19h e 20h, com exibição exclusiva e ao vivo do canal SporTV 2.

Vice-campeã nas duas primeiras etapas da temporada, em Campo Grande (MS) e Natal (RN), Carol Solberg analisou a rápida química da dupla, que lidera o ranking geral e em 16 partidas no tour nacional venceu 14. Elas venceram nas quartas de final Val e Ângela por 2 sets a 0 (21/15, 21/15). Na etapa anterior, em Natal, Maria e Carol superaram Tainá e Victoria por 2 sets a 1 na disputa das oitavas de final.

“Maria e eu estávamos com muita gana, muita vontade. Eu vinha de gravidez e algumas parcerias temporárias com Ágatha e Juliana. Resolvi voltar a ser bloqueadora. A Maria vinha de uma absolvição no caso de doping. E no primeiro treino notamos que temos uma química. Claro que isso não significa que vamos vencer, depende de treinamento, de parte física, de entrosamento. Mas essa energia similar também conta muito. Vamos trabalhar, buscar evoluir nossas limitações e dificuldades, mas gostamos muito de estarmos juntas”, destacou.

Quem também comemorou muito a vaga foi a parceria das jovens Tainá e Victoria, que eliminaram nas quartas de final Elize Maia e Taiana por 2 sets a 0 (21/17, 23/21), em 39 minutos. A sul-mato-grossense Victoria comentou a campanha e a boa energia atuando em Santa Catarina.

“Estou muito feliz, quando jogamos juntas em São José (SC), aqui pertinho, fomos para a semifinal pela primeira vez. Vamos buscar um pódio. Nas últimas etapas estávamos caindo nas oitavas por detalhes, antes desta parada treinamos duro para alcançar a semifinal”, disse.

Tainá também completou destacando a maturidade da dupla, que conseguiu virar o segundo set no duelo contra um time experiente, alcançando uma semifinal pela primeira vez nesta temporada 2017/2018.

“Sabíamos que seria um jogo difícil. Enfrentamos Taiana e Elize várias vezes e sempre foi um jogo muito equilibrado. Estávamos com a cabeça boa, a energia boa. Fizemos treinos forte, mentalizando essa vaga na semifinal. Alcançamos o primeiro dever, e amanhã vamos lutar muito para alcançar a decisão do torneio”.

Ana Patrícia e Rebecca também chegam à semifinal pela primeira vez na atual temporada. Rebecca comentou sobre a virada nas quartas de final, com triunfo por 2 sets a 1 (16/21, 21/17, 15/11) sobre Josi e Lili, em 51 minutos.

Além disso, ela projetou o duelo contra Ágatha/Duda, que superou nas quartas Andrezza/Andressa (AM/PB) por 2 sets a 0 (21/14 e 21/10), em 29 minutos.

"A gente tem começado os jogos um pouco devagar, e a nossa adrenalina vai subindo durante a partida. Até conversamos agora sobre isso, que precisamos tentar entrar com essa energia desde o primeiro ponto. A semifinal será um jogo mais pegado contra a Ágatha e a Duda, então temos que começar com a adrenalina lá em cima. Será uma partida bem difícil, pois elas já estão jogando juntas há um tempo, ganhando torneios, enquanto eu e a Paty, querendo ou não, estamos nos ajustando ainda. Mas já estamos evoluindo e jogando mais centradas".

O Circuito Brasileiro Open 2017/2018 é composto por sete etapas. Após Itapema (SC), a competição segue em 2018 para Fortaleza (CE), de 24 a 28 de janeiro, João Pessoa (PB), de 21 a 25 de fevereiro, Maceió (AL), de 14 a 18 de março, e Aracaju (SE), de 4 a 8 de abril.

A competição distribui R$ 45 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são quase R$ 500 mil por etapa. A novidade nesta temporada fica por conta da volta do classificatório e do aumento de duplas, passando de 16 para 24 times na fase de grupos da competição.

VEJA OS RESULTADOS DO DIA
http://www.aplicativoscbv.com.br/circuitobb/tabopen/tabelatodas.asp?site=28&sexo=F

VEJA A GALERIA DE FOTOS DO DIA
http://2017.cbv.com.br/galeria/1969/itapema-sc---17.11.2017---naipe-feminino-circuito-brasileiro-open-

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro