Fernanda/Bárbara e Maria Elisa/Carol Solberg vencem e vão à semifinal nos EUA

Publicado em: 05/05/2018 19:32

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 05.05.2018

O Brasil já tem medalha garantida no torneio feminino da etapa de Huntington Beach, nos EUA, pelo Circuito Mundial de vôlei de praia 2018. Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ) e Maria Elisa/Carol Solberg (RJ) venceram seus jogos pelas quartas de final neste sábado (05.05) e estão na semifinal do torneio. Elas só se enfrentam em uma disputa de ouro ou bronze, garantindo ao menos uma medalha para o país na etapa quatro estrelas.

As adversárias das brasileiras saíram dos jogos da repescagem. Fernanda e Bárbara enfrentam Sarah Pavan/Melissa Paredes às 12h30 (de Brasília). Já Maria Elisa/Carol encara as alemãs Julia Sude/Laboureur às 13h30. Os dois times do Brasil no naipe feminino são os únicos invictos em Huntington Beach, tendo vencido os quatro jogos que fizeram até aqui e se mantido sempre na ‘chave dos vencedores’.

Maria Elisa e Carol Solberg venceram e deram um presente ao treinador da dupla Luciano Kioday, que fez aniversário neste sábado. Elas passaram pelas canadenses Sarah Pavan e Melissa Paredes por 2 sets a 0 (21/16, 21/18), em 38 minutos de duração. Após a vitória, que contou com três aces de Maria Elisa, além de quebras de passe, a carioca analisou a partida.

“Jogamos muito bem contra elas, forçamos muito o saque, tentando dificultar passe e levantamento. Respeitamos muito ambas como atletas, são um time forte, mas não mudamos nosso estilo pelo fato da Sarah ser a bloqueadora mais alta do Circuito. Fomos agressivas durante todo tempo, fez com que nosso jogo fluísse. Estou bem feliz, agora vamos descansar, estudar nosso cruzamento e entrar forte para o próximo jogo”, disse Maria Elisa.

Do outro lado da chave, Fernanda Berti e Bárbara Seixas encararam atletas da casa, que tiveram apoio da torcida. Mas as brasileiras mantiveram o bom momento e a paciência nos lances decisivos, vencendo o duelo contra Sara Hughes e Summer Ross de virada, por 2 sets a 1 (18/21, 21/19, 15/11), em 54 minutos de partida. Fernanda Berti comentou sobre a vaga na semifinal e o bom esquema defensivo no duelo das quartas de final.

“O duelo foi muito disputado, bastante igual e decidido nos pequenos detalhes. Elas possuem um sistema defensivo bom, mas também conseguimos defender muito bem, gerando contra-ataques. Mantivemos o foco, tendo paciência com os erros, bastante unidas e pensando ponto a ponto. A Sara (Hughes) começou a jogar vôlei aqui, é californiana, então elas estavam bem empolgadas e conseguimos segurar esse ímpeto. A torcida norte-americana gosta demais de vôlei de praia, então, apesar de estarem torcendo para as meninas da casa, nos respeitaram e aplaudiam jogadas bonitas. E atuar contra uma dupla da casa é instigante, é bacana”, disse.

O único revés do dia foi de Ágatha e Duda (PR/SE), que estavam na chave da repescagem, onde quem perde uma vez está eliminado. Elas foram superadas no Round 5 pelas canadenses Bansley e Wilkerson por 2 sets a 1 (21/15, 18/21, 7/15), em 44 minutos, encerrando o torneio na nona colocação do torneio californiano.

A etapa norte-americana é realizada em parceria com a AVP, principal liga norte-americana da modalidade. O sistema é de dupla eliminatória, onde as duplas que ganham, avançam diretamente, enquanto quem perde uma vez, cai para a chave dos perdedores (repescagem), disputa mais jogos e se perder uma segunda vez, fica fora do torneio.

Os times campeões na etapa californiana recebem 800 pontos no ranking geral e cerca de R$ 68 mil em prêmios. Ao todo são 150 mil dólares em premiação às duplas participantes. Até agora o Brasil soma quatro medalhas no Circuito Mundial 2018: uma de ouro, duas pratas e um bronze. Após as etapas dos EUA e da Turquia, o próximo evento do tour com times do país será na Suíça, em torneio três estrelas na cidade de Lucerna, de 9 a 13 de maio.

VEJA A GALERIA DE FOTOS DO DIA
http://worldtour.2018.fivb.com/en/whun2018/women/photos

VEJA OS RESULTADOS DO DIA
http://worldtour.2018.fivb.com/en/whun2018/women/results/maindraw

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro