Com título geral já garantido, Brasil busca ouro na etapa do Peru

Publicado em: 10/05/2018 17:07

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 10.05.2018

O Brasil já é o campeão geral da temporada 2018 do Circuito Sul-Americano de vôlei de praia, mas a busca por medalhas não para. Acontece neste final de semana, de sexta-feira (11.05) a domingo (13.05), a etapa ‘Finals’ do naipe feminino, sediada em Lima, no Peru. O torneio terá pontuação maior e reunirá apenas os oito melhores países do ranking. O Brasil será representado por Tainá e Victoria (SE/MS).

As duplas brasileiras no torneio feminino venceram as seis etapas realizadas no ano. Com isso, o Brasil atingiu 1.200 pontos. A Colômbia, segunda colocada, possui 840 pontos. Com o título geral já garantido, Tainá e Victoria querem subir no lugar mais alto do pódio novamente no giro continental. Elas conquistaram ouro nas paradas de Rosário (Argentina) e Santa Cruz Cabrália (Brasil), além de terem ficado com a prata em Nova Viçosa (Brasil).

“Estamos felizes em poder representar o Brasil mais uma vez, é um sentimento especial sempre que temos esta chance. Tivemos três pódios em três etapas do Sul-Americano neste ano, vamos novamente buscar o ouro. Estamos embaladas por termos feito a final do SuperPraia, principal competição nacional, queremos manter o trabalho feito. Vamos manter o respeito às adversárias e pensar sempre jogo a jogo”, analisou Victoria.

As brasileiras estreiam contra as chilenas Paula Vallejos/Rivas nesta sexta-feira, às 11h50 (de Brasília). No grupo ainda estão as uruguaias Fortunati/Bausero e as colombianas Diana e Yuli. Na chave oposta estão as argentinas Ana Gallay/Pereyra, as peruanas Calle/Serna, as paraguaias Michelle/Erika e as equatorianas Ariana e Briggitte.

Os primeiros de cada grupo avançam direto às semifinais, enquanto segundos e terceiros disputam as quartas de final. No naipe masculino, o Brasil conquistou o título geral em abril, com ouro de Vitor Felipe e Guto (PB/RJ) na etapa Finals disputada na Argentina. No feminino, em seis etapas foram seis ouros do Brasil (veja a lista completa abaixo).

Ao todo são seis etapas do Circuito Sul-Americano para os dois naipes, e dois torneios ‘Finals’ contando exclusivamente com um naipe cada. O calendário completo pode ser acessado no site oficial da Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV), em http://voleysur.org/v2/calendario/calendario.asp.

O ranking geral do Circuito Sul-Americano é feito apenas para os países, contando a pontuação da dupla mais bem colocada das nações em cada parada, mesmo que um país tenha mais de uma dupla no pódio. No Finals, os campeões somam 400 pontos, o vice, 360, o terceiro colocado, 320, reduzindo 40 pontos em cada posição seguinte.

CIRCUITO SUL-AMERICANO 2018

1ª etapa - Nova Viçosa (Brasil)
Feminino
Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) - ouro
Tainá/Victoria (SE/MS) - prata
Josi/Lili - bronze

Masculino
Fernandão/Ramon Gomes - prata

2ª etapa - Rosário (Argentina)
Feminino
Tainá/Victoria (SE/MS) - ouro

Masculino
Álvaro Filho/Saymon (PB/MS) - ouro

3ª etapa - Coquimbo (Chile)
Feminino
Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) - ouro

4ª etapa - Lima (Peru)
Feminino
Val/Ângela (SE/MS) - ouro
Hegê/Talita (CE) - bronze

Masculino
Hevaldo/ArthurLanci (CE/PR) - bronze

5ª etapa - Santa Cruz Cabrália (Brasil)
Feminino
Victoria/Tainá (MS/SE) - ouro
Juliana/Andressa (CE/PB) - prata
Josi/Lili (SC/ES) - bronze

Masculino
Vitor Felipe/Guto (PB/RJ) - ouro
Ricardo/Oscar (BA/RJ) - bronze

6ª etapa - Montevidéu (Uruguai)
Feminino
Juliana/Andressa - ouro

Etapa Finals - Resistência (Argentina)
Vitor Felipe/Guto - ouro

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro