Com nova vitória, meninas do Brasil avançam direto às semis em Lima

Publicado em: 12/05/2018 14:46

Após a boa estreia na etapa “Finals” do Circuito Sul-Americano de vôlei de praia 2018, em Lima (PER), Tainá e Victoria (SE/MS) mantiveram os 100% de aproveitamento na competição. Neste sábado (12.05) a jovem dupla brasileira venceu o terceiro jogo consecutivo na competição e garantiu o primeiro lugar na chave, e, com isso, classificação direta às semifinais.

O jogo que valia a vaga foi contra a dupla colombiana Diana/Yuli, que também estava invicta no torneio. Tainá e Victoria levaram a melhor por 2 sets a 0 (21/17 e 21/16) e continuam sem perder nenhum set.

Na disputa contra as colombianas, o vento e o tempo chuvoso dificultaram um pouco o jogo das brasileiras, mas, quando o primeiro set estava na reta final, com placar igual em 16 pontos, Tainá e Victoria impuseram o ritmo e com a sequência de erros das adversárias fecharam em 21/17. O segundo set começou com domínio total da equipe verde e amarela que novamente conseguiu boa sequência de saque e contou com a dificuldade colombiana na virada de bola. Mais no final da parcial Diana e Yuli tentaram reagir, mas não foi o suficiente. A dupla brasileira fechou em 21/16.

Agora Tainá e Victoria aguardam os resultados dos demais jogos deste sábado para conhecerem as oponentes das semifinais, que acontecem na manhã deste domingo (13.05), bem como as disputas por medalhas. Independentemente do resultado em Lima, o Brasil já é o campeão da temporada no feminino por ter conquistado o ouro nas seis etapas realizadas. No naipe masculino, o Brasil conquistou o título geral em abril, com ouro de Vitor Felipe e Guto (PB/RJ) na etapa Finals disputada na Argentina.

Ao todo são seis etapas do Circuito Sul-Americano para os dois naipes, e dois torneios ‘Finals’ contando exclusivamente com um naipe cada. O calendário completo pode ser acessado no site oficial da Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV), em http://voleysur.org/v2/calendario/calendario.asp.

O ranking geral do Circuito Sul-Americano é feito apenas para os países, contando a pontuação da dupla mais bem colocada das nações em cada parada, mesmo que um país tenha mais de uma dupla no pódio. No Finals, os campeões somam 400 pontos, o vice, 360, o terceiro colocado, 320, reduzindo 40 pontos em cada posição seguinte.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro