Fernanda/Bárbara busca primeiro ouro no Circuito Brasileiro após melhor ano internacional

Publicado em: 29/08/2018 16:03

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 29.08.2018

Fernanda Berti e Bárbara Seixas estão juntas desde setembro de 2016. E a atual temporada da dupla no Circuito Mundial foi a melhor da parceria, que subiu ao pódio três vezes em torneios de destaque, com dois ouros e uma prata. O próximo desafio do time é subir pela primeira vez ao lugar mais alto do pódio no Circuito Brasileiro Open, o que pode acontecer na estreia da temporada 2018/2019, em Palmas (TO), de 12 a 16 de setembro.

No tour nacional, Fernanda Berti e Bárbara Seixas somam duas medalhas de bronzes e uma prata, além de um bronze no SuperPraia. A dupla comandada pelo técnico Ricardo de Freitas está trabalhando forte para subir o degrau restante e conquistar o primeiro ouro.

“Estamos muito empolgadas para voltar a jogar pelo Circuito Brasileiro, foram vários meses fora do país e estar em casa, jogar perto do nosso público é muito especial. Fernanda e eu queremos buscar esse primeiro título de Circuito Brasileiro, tivemos a oportunidade de ganhar etapas do Circuito Mundial, mas do brasileiro, ainda não. É um objetivo e estamos trabalhando para alcançar, sempre passo a passo”, disse a defensora Bárbara Seixas.

“Tivemos um período bom para nos prepararmos para o Circuito Brasileiro, pouco mais de um mês desde o final do Circuito Mundial para ajustarmos detalhes e evoluir. A preparação física está bastante intensa, queremos chegar com um ritmo bom. Ainda não tive a oportunidade de jogar em Palmas (TO), tomara que nosso primeiro ouro seja lá”, completou Fernanda Berti, campeã ao lado de Bárbara do Major Series de Fort Lauderdale (EUA) e da etapa quatro estrelas de Huntington Beach (EUA), e vice-campeã do Major Series de Viena (Áustria) em 2018.

As inscrições para a etapa de Palmas (TO) se encerram nesta semana. Será a primeira vez que a capital tocantinense recebe uma etapa do Circuito Brasileiro Open. Ainda em 2018 ocorrem etapas em Vila Velha (ES), de 24 a 28 de outubro, e Campo Grande (MS), de 21 a 25 de novembro. Os eventos terão transmissão na web e no canal SporTV, além de entrada franca.

As datas e cidades das demais etapas que completam o Circuito Brasileiro Open 2018/2019 serão divulgadas pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) ainda este ano.

O torneio conta com 24 duplas em cada naipe, que são selecionadas da seguinte forma: os 16 times mais bem colocados no ranking nacional entram direto na fase principal, enquanto as outras oito duplas saem do classificatório, que ocorre nos primeiros dias (quarta e quinta), permitindo renovação, com times de fora do ranking entrando no evento.

As 24 duplas disputam a fase de grupos em seis grupos de quatro times. Os primeiros e segundos colocados de cada chave, além dos quatro melhores terceiros, vão para as oitavas de final. Desta etapa em diante o torneio segue em formato eliminatório direto até a decisão.

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. A competição distribui R$ 45 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos quase R$ 500 mil por etapa.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro