Dani retorna após leucemia e conquista vaga; capixaba também avança

Publicado em: 24/10/2018 17:55

Em Vila Velha (ES) – 24.10.2018

A etapa de Vila Velha (ES) do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia 2018/2019 começou nesta quarta-feira (24.10), com a disputa do classificatório do torneio feminino. Foram 13 jogos, com 21 duplas lutando por oito vagas na fase de grupos. Destaque para a sul-mato-grossense Danielle Neves, que retornou às quadras após superar a leucemia e avançou.

As oito duplas que se classificaram foram Sandressa/Rosimeire Lima (AL), Lucilia/Alana (SP/RN), Solange/Teresa (DF/CE), Rafaela/Jéssica (PA), Amanda/Verena (CE), Pity/Thais (BA/RJ), Alba/Danielle (BA/MS) e Thamela/Ingridh (ES/PR).

Com exceção da capixaba e da paranaense, que tiveram que vencer duas vezes, as demais duplas precisaram de um triunfo para assegurar a vaga. Após a classificação Danielle comentou o período de internação, a superação por conta da doença e o retorno às quadras com vitória.

“Estava treinando firme quando recebi o diagnóstico de leucemia. Foi um choque grande, minha família ficou muito preocupada, fiquei quase dois meses internada no Inca (Instituto Nacional de Câncer). Foram cerca de oito meses de batalha, mas agora felizmente a doença está controlada e fui liberada”, disse Danielle, que completou.

“Retornei aos treinamentos há um mês, então, conseguir a classificação à fase principal é ótimo, motivador. Recebi muito apoio da minha equipe, a Evokar, dos meus familiares e amigos. Foi um período de muito trabalho e preparação. Uma parceria nova com a Alba, que já conhecia há muito tempo e estou tendo o prazer de atuar ao lado agora”.

Destaque também para a capixaba Thamela, 18 anos, que pela primeira vez disputará uma etapa do Circuito Brasileiro Open. A atleta já havia vencido o Circuito Brasileiro Sub-19 no último domingo, com Blenda. No adulto, jogando ao lado da paranaense Ingridh, mais um passo importante na carreira e a chance de atuar ‘em casa’, já que é natural de Piúma (ES).

“É minha primeira participação no Circuito Brasileiro Open, estou muito feliz com esse momento. Fui campeã da etapa Sub-19 no último domingo e queria muito essa vaga. Não tenho palavras, acredito que estou vivendo meu melhor momento até agora, nesse começo de carreira. Nossa estratégia era manter um saque agressivo, fico feliz que tenhamos mantido a regularidade e confirmado a vaga”, declarou Thamela.

As oito duplas classificadas se juntam aos 16 times que já estavam garantidos pelo ranking de entradas, completando os 24 para a disputa da fase de grupos. Os três melhores de cada chave avançam e a competição segue com oitavas de final, quartas de final, semifinais e disputas de medalha.

Já estavam garantidas Maria Elisa/Carol Solberg (RJ), Ágatha/Duda (PR/SE), Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ), Josi/Lili (SC/ES), Juliana/Andressa (CE/PB), Carolina Horta/Ângela (CE/DF), Izabel/Thati (PA/PB), Val/Érica Freitas (RJ/MG), Vivian/Vitória (PA/RJ), Andrezza/Neide (AM/AL), Aline/Diana (SC/RJ), Juliana Simões/Eunyce (PR/AL), Flávia/Bárbara Ferreira (RJ), Naiana/Fabrine (CE/BA), Amanda/Mayana (RJ/TO) e Hegê/Talita (CE).

Os jogos da fase de grupos, a partir de quinta-feira (25.10), terão transmissão ao vivo pelo Facebook e site oficial da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Já as disputas de medalha dos dois naipes, no sábado (27.10), a partir das 19h30, e domingo (28.10), a partir das 10h, serão exibidas ao vivo exclusivamente pelos canais SporTV.

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. A competição distribui R$ 45 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos quase R$ 500 mil por etapa.

VEJA TODOS OS RESULTADOS DO DIA
http://www.aplicativoscbv.com.br/circuitobb/tabopen/tabelatodas.asp?site=36&sexo=F

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro