Legião de capixabas avança às oitavas de final no masculino em Vila Velha

Publicado em: 26/10/2018 17:42

A torcida fez barulho e nem a chuva diminuiu a empolgação para torcer pelos atletas da casa. Deu certo. Todos os jogadores capixabas avançaram às oitavas de final do torneio masculino na etapa de Vila Velha (ES) do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia. Foram 26 jogos com entrada franca na arena montada na Praia da Costa, com 16 duplas passando à segunda fase.

Os duelos das oitavas de final (veja todos os confrontos abaixo) começam a partir das 9h (de Brasília) deste sábado (27.10). No mesmo dia também ocorrem os duelos das quartas de final e das semifinais do torneio masculino. As partidas da quadra central contam com transmissão pelo Facebook da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

Um dos times que lotou a arena foi dos campeões mundiais Alison e André Stein (ES) venceram duas vezes, saindo em primeiro lugar no grupo A. André analisou as vitórias e a evolução da dupla formada há menos de seis meses com o campeão olímpico.

"Eu estava ansioso para que este campeonato em casa começasse. Estava mais tenso no primeiro jogo, e no segundo enfrentamos o Vinícius que é capixaba também e treina conosco, conheço desde a base. Ainda tivemos que enfrentar a chuva. Mas foi um primeiro dia excelente, com a presença de parentes e amigos, aquela ansiedade passou. Estamos ainda em adaptação como dupla, ajustando, evoluindo, nos conhecendo. Fico feliz em observar o crescimento disso em cada etapa, é um processo legal", disse André.

Alison também comentou o bom começo em Vila Velha e a adaptação ao jogo com chuva. Na partida valendo o primeiro lugar da chave, superou Moisés (BA) e Vinícius (ES), que treina no mesmo CT de ‘Mamute’, comandado por Leandro Brachola.

“Nosso grupo era complicado, com times que podem surpreender. O Vinícius é um garoto que treina conosco e fico feliz de ver a evolução dele, está entrando em qualquer partida com possibilidade de vencer. Tivemos que ter paciência, a chuva dificulta um pouco o saque, o levantamento e ataque ficam escorregadios. É preciso adaptar um pouco cada movimento, mas fomos regulares e conseguimos sair com duas vitórias”, disse Alison.

Dos 16 times classificados, seis terminaram o primeiro dia invictos, com duas vitórias. Além de Alison/André (ES), saíram em primeiro lugar de seus grupos Pedro Solberg/Bruno Schmidt (RJ/DF , Ricardo/Álvaro Filho (BA/PB), Jô/Léo Vieira (PB/DF), George/Averaldo (PB/TO) e Allison Francioni/Márcio Araújo (SC/CE).

Bruno Schmidt é um capixaba ‘de coração’. Apesar de não ter nascido no estado e defender o Distrito Federal, o campeão olímpico mora e treina em Vila Velha há vários anos. Ao lado de Pedro Solberg, venceu os dois jogos do dia e comemorou a etapa em casa.

“Pedro e eu estamos vindo de uma sequência de etapas do Circuito Mundial que foram bem cansativas. Ter a possibilidade de jogar em casa é excelente, estou muito contente, motivado. No aquecimento toda hora alguém do seu dia a dia passa para incentivar, você recebe aquela energia, pode descansar em casa. Estou aproveitando bastante esta etapa, e acredito que o público de Vila Velha irá aproveitar bastante também".

Dos 24 times que começaram a fase de grupos, oito foram eliminados nesta sexta-feira, na primeira fase. São eles Jefferson/Anderson Melo (CE/RJ), Nilton/Felipe Cavazin (RO/PR), Leonardo Gomes/Raul (RJ/SE), Adelmo/Arthur (BA/MG), Marcus/Pedro (RJ/PB), Kaique/Vinícius (RS), Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR) e Lipe/Bruno (CE/AM).

As disputas de medalha dos dois naipes, com o feminino no sábado (27.10), a partir das 19h30, e o masculino no domingo (28.10), a partir das 10h, serão exibidas ao vivo exclusivamente pelos canais SporTV.

Na primeira etapa da temporada, em Palmas (TO), Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) ficaram com a medalha de ouro. A terceira parada do Circuito Brasileiro ocorre em Campo Grande (MS), de 21 a 25 de novembro. Em 2019, outras quatro etapas da temporada 18/19 serão realizadas. As datas e cidades ainda serão divulgadas pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. A competição distribui R$ 45 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos quase R$ 500 mil por etapa.

OITAVAS DE FINAL DO TORNEIO MASCULINO

Alison/André (ES) x Fernandão/Ramon Gomes (ES/RJ)
Guto/Saymon (RJ/MS) x Vinícius Freitas/Moisés (ES/BA)
Léo Vieira/Jô (DF/PB) x Evandro/Vitor Felipe (RJ/PB)
George/Averaldo (PB/TO) x Oscar/Luciano (RJ/ES)
Pedro Solberg/Bruno Schmidt (RJ/DF) x Jeremy/Harley (EUA/DF)
Allison Francioni/Márcio Araújo (SC/CE) x Luccas Lima/Bernardo (SP/CE)
Eduardo Davi/Adrielson (PR) x Rafael/Renato (PB)
Ricardo/Álvaro Filho (BA/PB) x Matheus Maia/Rafa (RJ/PR)

VEJA A GALERIA DE FOTOS DO DIA
http://2018.cbv.com.br/galeria/2085/vila-velha-es---26.10.2018---circuito-brasileiro-open

VEJA OS RESULTADOS DO DIA
http://www.aplicativoscbv.com.br/circuitobb/tabopen/tabelatodas.asp?site=36&sexo=m

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro