Quatro duplas brasileiras buscam medalhas na etapa do Chile

Publicado em: 31/01/2019 12:20

O segundo desafio das duplas brasileiras no Circuito Sul-Americano de vôlei de praia 2019 acontece neste final de semana, de sexta-feira (01.02) a domingo (03.02), em Coquimbo, no Chile. O país será representado por quatro duplas, duas no gênero masculino e duas no feminino, que buscarão repetir os títulos conquistados em 2017 e 2018.

No naipe feminino, o Brasil será representado por Tainá/Victoria (SE/MS) e Carolina Horta/Ângela (CE/DF), enquanto, no masculino Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR) e Jô/Léo Gomes (PB/DF) serão os times que defenderão o país. O torneio conta com 16 duplas em cada gênero, divididas em quatro grupos. Os dois melhores avançam à fase eliminatória.

Empolgada com a oportunidade de representar o Brasil no torneio intercontinental, Carolina Horta acredita que o ritmo adquirido com a disputa da etapa do Circuito Brasileiro Open, na semana passada, em São Luís (MA), será benéfico para a dupla.

"Estou muito feliz, pois não disputava uma etapa do Circuito Sul-Americano há muito tempo, por conta do Circuito Mundial e outros torneios. Estou muito feliz em poder representar o Brasil novamente e com uma boa expectativa. Acredito que minha dupla com a Ângela está evoluindo a cada torneio. Temos a dificuldade de treinar em cidades diferentes, mas cada vez mais estamos nos entrosando. Na etapa passada do Circuito Brasileiro, em São Luís (MA), notei um crescimento em nosso time. Essa etapa no Chile será muito boa para ganharmos neste conjunto, e também por estarmos com um bom ritmo, já que disputamos o tour nacional na semana passada", analisou.

Os pontos obtidos em cada etapa vão para o país, de acordo com a classificação final da melhor dupla de cada nação nos eventos. Ao final, os pontos são somados e o país na liderança do ranking é declarado campeão geral. 

Na primeira etapa da temporada, em São Francisco do Sul (SC), o Brasil conquistou a medalha de ouro no naipe feminino, com Josi/Neide (SC/AL), liderando o ranking geral com 200 pontos. No torneio masculino, Thiago e George (SC/PB) levaram a medalha de bronze, somando 160 pontos. O Chile lidera com 200, e a Argentina soma 180.

Nas duas últimas temporadas, em 2017 e 2018, Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE) conquistaram o título da etapa de Coquimbo. Neste ano, porém, a dupla está focada na disputa do Circuito Mundial e não estará no Chile para defender o título.

O Circuito Sul-Americano contará em 2019 com cinco etapas regulares e dois torneios ‘Finals’, com maior pontuação e premiação, sendo um para o naipe masculino, e outro para o naipe feminino. Além de São Francisco do Sul, estão confirmadas etapas em Coquimbo (Chile), Lima (Peru), Brasília (DF) e Camaçari (Bahia). Os torneios ‘Finals’ serão em Resistência (Argentina), para o naipe feminino, e Brasil, em cidade à definir, no masculino.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro