Evandro/Bruno Schmidt e Alison/Álvaro garantem vaga direta nas oitavas na Áustria

Publicado em: 01/08/2019 16:18

O segundo dia de disputa em Viena (AUT) foi de maior atividade das duplas masculinas. Nesta quinta-feira (01.08) foram realizadas as duas rodadas da fase de grupos entre os homens, enquanto a repescagem movimentou a chave feminina na etapa cinco estrelas do Circuito Mundial de Vôlei de praia. Pelo Brasil, Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e Alison/Álvaro Filho (ES/PB) foram os destaques avançando de forma direta para as oitavas de final com duas vitórias cada.

O primeiro compromisso de Evandro e Bruno Schmidt foi contra os suíços Beeler/Krattigeer, e a dupla brasileira levou a melhor por 2 sets a 1 (21/16, 19/21 e 16/14). Mais tarde eles conseguiram garantir a liderança do grupo C com nova vitória, desta vez sobre Cherif/Ahmed (QAT) por 2 sets a 0 (21/18 e 21/17).

“Pegamos uma chave bastante apertada, com Dalhausser e Lucena, os meninos do Qatar, que estão com uma saúde e vontade incríveis. Então é muito importante sair de uma chave forte como essa com vitórias, mostra que estamos fazendo força para buscarmos nosso melhor, estamos focados, saio muito satisfeito com esse começo em Viena”, disse Bruno.

Alison e Álvaro Filho também conseguiram dois resultados positivos no grupo E. Primeiro eles passaram por Priddy/Brunne (EUA) por 2 sets a 0 (21/19 e 21/12). E garantiram a vaga direta às oitavas com o triunfo sobre Pedlow/Schachter (CAN) por 2 sets a 0).

No grupo G André e George começaram bem vencendo Saxton/O’Gorman (CAN) por 2 sets a 0 (21/14 e 21/16). No entanto, na rodada seguinte, eles acabaram sendo superados pelos chilenos campeões Pan-Americanos em Lima 2019, Marco e Esteban Grimalt, por 2 sets a 0 (18/21 e 17/21). Com isso eles precisam passar pela repescagem nesta sexta-feira (02.08) contra os letões Plavins e Tocs.

A quarta dupla do Brasil no torneio masculino, Saymon e Guto (MS/RJ) acabaram sofrendo revés nos dois jogos que participaram e deram adeus à competição. Primeiro os poloneses Bryl e Fijalek venceram por 2 sets a 0 (18/21 e 16/21). No duelo seguinte a vitória ficou com Semenov/Leshukov (RUS) por 2 sets a 0 (16/21 e 11/21).

No feminino apenas Ágatha e Duda entraram em ação

Entre as mulheres o dia foi de descanso para as duplas que se classificaram de forma direta para as oitavas de final, e apenas as partidas de repescagem foram realizadas nesta quinta-feira. Portanto somente Ágatha e Duda (PR/SE) jogaram nesta rodada. As brasileiras venceram Liliana e Elsa, da Espanha, por 2 sets a 0 (21/16 e 21/17).

Nas oitavas de final Ágatha e Duda farão duelo caseiro contra Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE). Maria Elisa/Carol Solberg (RJ) enfrenta Stubbe/van Iersel (HOL). Talita e Taiana (AL/CE) medirão forças com as chinesas Xia e Wang. E, completando os compromissos brasileiros Bárbara Seixas e Fernanda Berti (RJ) jogam contra Ludwig, campeã olímpica na Rio 2016, e a atual parceira Kozuch, da Alemanha.

A fase de grupos é composta por 32 times em cada naipe, divididos em oito chaves. Após a primeira fase, os primeiros colocados vão direto às oitavas de final, enquanto segundos e terceiros de cada grupo disputam uma rodada eliminatória anterior, da repescagem (Round 1). O torneio segue com oitavas, quartas, semifinais e disputas de bronze e ouro.

A competição em Viena rende cerca de R$ 150 mil para os campeões dos naipes masculino e feminino. Ao todo, o torneio distribui cerca de R$ 2,3 milhões em premiação aos atletas, além de oferecer pontuação alta para o ranking internacional – 1.200 para os times vencedores.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro