Fernanda Berti e Bárbara Seixas completam lista brasileira no torneio principal em Roma

Publicado em: 04/09/2019 15:58

A disputa pelo título do World Tour Finals em Roma (ITA) começou nesta quarta-feira (04.08) com as partidas da fase qualificatórias. Nesta etapa as duplas de pior ranking jogam em busca de uma das oito vagas (em cada naipe) no torneio principal. Barbara Seixas e Fernanda Berti (RJ) foram as únicas representantes do Brasil a participar desta rodada entre as mulheres e conseguiram a classificação. Já Pedro Solberg/Oscar (RJ) não conseguiu avançar no torneio.

A medalhista olímpica Bárbara Seixas e a parceira Fernanda Berti, por terem mais pontos que outras duplas no qualificatório, precisaram jogar apenas uma vez na rodada desta quarta-feira. Elas superaram Caluori/Gerson, da Suíça, por 2 sets a 0 (21/15 e 21/15). Após o jogo Bárbara comemorou o resultado positivo.

“Acho que nos comportamos bem no jogo de hoje. A gente esperava um jogo difícil, sabíamos que elas têm um jeito ‘chatinho’ de jogar, elas são muito inteligentes defensivamente. Então era preciso impor o nosso ritmo, e foi o que conseguimos fazer. Estou muito orgulhosa do nosso desempenho”, comentou Bárbara.

Agora, pelo torneio principal, elas se juntam a Ágatha/Duda (PR/SE), Maria Elisa/Carol Solberg (RJ) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) na busca por medalhas para o Brasil. Maria e Carol estreiam contra Dabizha/Rudykh (RUS), pelo grupo C. Ágatha e Duda, que defendem o título de 2018, estão no grupo D e enfrentam Bocharova/Voronina (RUS), pela primeira rodada. Ana Patrícia e Rebecca terão pela frente Murakami/Ishii (JAP) no grupo F. E Bárbara/Fernanda joga contra Bieneck/Schneider (ALE) pelo grupo G.

No masculino serão mais três duplas brasileiras: Alison/Álvaro Filho (ES/PB), Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e André/George (Es/PB). Alison e Álvaro estão no grupo D e começam na competição com duelo contra os noruegueses Berntsen e Mol H. Evandro E Bruno Schmidt medem forças com Herrera e Gavira, da Espanha, pelo grupo G. Enquanto André e George, no grupo H, começam jogando contra Doppler/Horst (AUT).

A dupla formada por Pedro Solberg e Oscar entrou em quadra duas vezes nesta quarta-feira pela fase qualificatória. No primeiro jogo vitória sobre Menéndez/Huerta(ESP) por 2 sets a 1 (21/13, 14/21 e 15/12). No entanto eles não conseguiram classificação para a chave principal, pois foram superados por Ermacora/Pristauz (AUT) por 2 sets a 0 (19/21 e 14/21).

A competição conta com 32 times em cada naipe, sendo 22 provenientes do ranking de entradas, dois convidados e outros oito provenientes do classificatório. Os times se enfrentam na chave, com os primeiros colocados avançando direto às oitavas de final, enquanto segundos e terceiros colocados duelam por uma fase eliminatória extra, da repescagem.

A competição em Roma rende cerca de R$ 160 mil para os campeões dos naipes masculino e feminino. Ao todo, o torneio distribui cerca de R$ 2,4 milhões em premiação aos atletas, além de oferecer pontuação alta para o ranking internacional – 1.200 para os times vencedores.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro