Classificatório define últimas vagas ao torneio masculino em Ribeirão

Publicado em: 21/11/2019 14:51

A chave principal do torneio masculino do Open de Ribeirão Preto (SP), terceira etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia 2019/2020, já tem todas as 24 duplas definidas. Nesta quinta-feira (21.11) a arena montada no Ribeirão Shopping (entrada pela Av. Preseidente Vargas) recebeu os jogos da fase de qualificação. Foram 24 partidas disputadas por 32 duplas em busca das últimas oito vagas na competição.

Nesta sexta-feira (22.11), além do início da fase de grupos pelo torneio masculino, ocorre a disputa de oitavas de final do naipe feminino, em partidas das 8h20 às 15h. A entrada na arena é gratuita e os jogos contam com transmissão ao vivo, gratuita, pelo site voleidepraiatv.cbv.com.br e pelo Facebook da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

Avançaram à fase de grupo as duplas Fábio/Allison Francioni (CE/SC), Felipe/Luccas (DF), Gabriel Santiago/Pedro (DF/PB), Igor Borges/Léo Gomes (RJ), Lipe/Rafa (CE/PR), Rafael/Renato (PB), Alysson Lima/Márcio Gaudie (CE/RJ), Felipe Cavazin/Anderson Melo (PR/RJ).

No primeiro torneio juntos, Alysson Lima e Márcio Gaudie garantiram um lugar entre as 24 duplas do torneio principal masculino. Márcio agradeceu o suporte do novo parceiro nos jogos desta quinta-feira.

“O início da temporada foi um pouco difícil para mim. Eu e o Alysson nos juntamos para esta etapa, não joguei bem neste qualificatório, o meu parceiro foi quem se destacou. Ele me colocou no jogo. Agora alcançamos o nosso primeiro objetivo, vamos jogar a chave principal dando o nosso melhor”, comentou Márcio Gaudie, que estreou a parceria com o jovem talento cearense Alysson Lima.

“Eu ajudo nos treinos da Ana Patrícia e da Rebecca, e quando disse que iria fazer a transição para jogar no bloqueio a Ana, a Carol Horta e o próprio Reis Castro me deram muitas dicas, me ajudaram bastante. Eu achei que o clima seria mais ameno aqui, mas estou acostumado com o calor intenso. No jogo que nos classificou tivemos algumas dificuldades, mas um deu confiança ao outro e assim chegamos no que queríamos”, disse Alysson.

Pela primeira vez em dois anos de parceria Luccas e Felipe (DF) garantiram uma vaga na chave principal. Depois de disputarem algumas etapas Challenger, eles conseguiram um lugar entre os melhores times do país e estarão no grupo A.

“Estamos buscando essa classificação há muito tempo. Temos a dupla formada por dois anos. Estamos sonhando com esse dia desde que começamos. Vida de atleta é muito difícil, mas são esses momentos que fazem tudo valer a pena”, comentou Luccas.

As oito duplas classificadas nesta quinta se juntam aos 16 times que já estavam garantidos pelo ranking de entradas. São eles Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF), Alison/Álvaro Filho (ES/PB), Ricardo/Vítor Felipe (BA/PB), Oscar/Pedro Solberg (RJ), Thiago/Guto (SC/RJ), Arthur Lanci/Saymon (PR/MS), Hevaldo/Vinícius (CE/ES), André/George (ES/PB), Fernandão/Luciano (ES), Moisés/Harley (BA/DF), Maia/Eduardo Davi (RJ/PR), Bruno/Jô (AM/PB), Ramon Gomes/Bernardo Lima (RJ/CE), Arthur/Adrielson (MS/PR), Marcus/Averaldo (RJ/TO) e Lázaro/Matheus (GO/SE).

Ribeirão Preto (SP) recebeu etapas do Circuito Brasileiro em duas oportunidades. A primeira, em 1995, teve como vencedores Zé Marco/Emanuel (PB/PR) e Karina/Renata (RJ). Depois, em 2004, Ricardo/Emanuel (BA/PR) e Sandra/Ana Paula (RJ/MG) foram as vencedoras. A cidade também recebeu uma etapa de outro torneio, o Circuito Challenger, em 2014, com títulos para Duda/Carolina Horta (SE/CE) e Lipe/Beto Pitta (CE/RJ).

A estreia do tour aconteceu em Vila Velha (ES), em setembro, com ouro para Ágatha/Duda (PR/SE) e André Stein/George (ES/PB). Em Cuiabá, no mês passado, os títulos ficaram com Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) e Alison/Álvaro Filho (ES/PB).

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 46 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos mais de R$ 500 mil por etapa.

VEJA OS RESULTADOS DO DIA

http://www.aplicativoscbv.com.br/circuitobb/tabopen/tabelatodas.asp?site=42&sexo=m

 

FASE DE GRUPOS – TORNEIO MASCULINO*

Grupo A

Alison/Álvaro Filho (ES/PB) x Felipe/Luccas (DF) – 9h50

Maia/Eduardo Davi (RJ/PR) x Bruno/Jô (AM/PB) – 9h50

Grupo B

Vítor Felipe/Ricardo (PB/BA) x Igor Borges/Léo Gomes (RJ) – 9h

Moisés/Harley (BA/DF) x Marcus/Averaldo (RJ/TO) – 9h

Grupo C

Bruno Schmidt/Evandro (DF/RJ) x Gabriel Santiago/Pedro (DF/PB) – 10h40

Ramon Ferreira/Bernardo Lima (RJ/CE) x Lázaro/Matheus (GO/SE) – 10h40

Grupo D

André/George (ES/PB) x Alysson Lima/Márcio Gaudie (CE/RJ) – 9h50

Luciano/Fernandão (ES) x Arthur/Adriélson (MS/PR) – 9h50

Grupo E

Arthur Lanci/Saymon (PR/MS) x Lipe/Rafa (CE/PR) – 9h

Hevaldo/Vinícius (CE/ES) x Felipe Cavazin/Anderson Melo (PR/RJ) – 9h

Grupo F

Thiago/Guto (SC/RJ) x Fábio/Allison Francioni (CE/SC) – 10h40

Oscar/Pedro Solberg (RJ) x Rafael/Renato (PB) – 10h40

*Horários e confrontos da segunda rodada do dia sairão após a rodada matinal

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro