Hevaldo/Vinícius enfrenta Pedro/Guto na final em Aracaju; título geral definido

Publicado em: 07/03/2020 19:12

Em Aracaju (SE) – 07.03.2020

As finais do torneio masculino na etapa de Aracaju (SE) foram definidas na noite deste sábado (07.03), após disputas das oitavas, quartas e semifinais na arena montada na Praia de Atalaia. A disputa pelo ouro acontece neste domingo, às 11h, e terá Hevaldo/Vinícius (CE/ES) enfrentando Pedro Solberg/Guto (RJ) pela penúltima etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia 2019/2020. Será a primeira final do atleta capixaba de 24 anos.

O duelo valendo a medalha de ouro na capital sergipana terá transmissão ao vivo pelo SporTV 3. Pouco antes, às 8h30, acontece a disputa de bronze entre André Stein/George (ES/PB) e Allison Francioni/Fábio Bastos (SC/CE), com transmissão pelo site voleidepraiatv.cbv.com.br e Facebook da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

Hevaldo e Vinícius, juntos desde a metade de 2019, superaram na semifinal André Stein e George por 2 sets a 1 (23/21, 19/21, 15/8), batendo os líderes do ranking nacional. Será a primeira final de Vinícius, capixaba de 24 anos, que desde as categorias de base coleciona bons resultados. Ele comentou a emoção de alcançar a disputa do ouro.

“Estou muito feliz, tomado pela emoção e processando tudo ainda. Fizemos um jogo bom contra André e George, mas sabemos também que não acabou. Queremos mais, vamos descansar para ter apresentarmos nosso melhor vôlei na final. Fico muito agradecido por todo o apoio da família, amigos que vieram e torceram por mim aqui, além da parceria do Hevaldo, que tem me ensinado demais”, destacou.

Hevaldo, 40 anos, comentou a evolução da parceria dentro da competição em Sergipe. Eles sofreram um revés na fase de grupos, mas se recuperaram, embalando vitórias nas oitavas, quartas e semifinais e chegam para a decisão com quatro triunfos e uma derrota. O bloqueador cearense volta a disputar uma final após um ano. A última havia sido a etapa de Natal (RN), em março de 2019, ao lado do antigo parceiro Arthur, ficando com a prata.

"O Vinícius é um menino novo, ainda está começando. E tudo o que eu puder fazer para que ele cresça eu farei. Aconteceu com o Arthur (Lanci), que fez a primeira final comigo, e já está caminhando sozinho. Começamos a etapa muito abaixo do que a gente poderia, e fomos crescendo. Eu acho que estou fazendo a minha parte no voleibol de praia, já tenho 40 anos, chegando aos 41, então meu tempo de parar vai chegar e quero deixar um legado, passar a minha experiência para esses jovens”, disse Hevaldo.

Na outra semifinal, Pedro Solberg e Guto superaram Allison Francioni e Fábio Bastos por 2 sets a 0 (21/19, 21/17), garantindo a primeira decisão da dupla, que foi refeita em janeiro deste ano. Pedro celebrou voltar a jogar uma final após mais de um ano. A última decisão tinha acontecido em São Luís (MA), em 2019, quando ainda atuava com Bruno Schmidt.

“O ano de 2019 foi um pouco pesado para mim, fico feliz, quero jogar sempre de maneira competitiva, em alto nível. Fico feliz em poder estar novamente em uma decisão, jogar ao lado de um atleta muito técnico. Amanhã é um novo dia, cada jogo é uma história diferente. Nossa virada de bola é a principal característica da dupla, além de contar com as grandes defesas do Guto. Estou voltando à minha melhor forma aos poucos. E é bom jogar com um parceiro que tecnicamente fala a mesma língua que eu. Ele sabe a minha bola, eu sei a dele, é divertido jogar assim", declarou Pedro Solberg.

A parceria chega à final invicta, tendo vencido os cinco jogos disputados, perdendo apenas um set. Guto também retorna para uma decisão após um período afastado das finais. A última foi em Vila Velha (ES), em setembro de 2019, quando atuava ao lado de Thiago (SC). Na oportunidade, a parceria ficou com a prata.

Título geral definido
Apesar da derrota na semifinal, André Stein e George garantiram o título geral da temporada 2019/2020, já que somarão mais pontos neste domingo, com o quarto lugar ou bronze. Eles contaram também com a eliminação de Ricardo e Vitor Felipe (BA/PB) nas oitavas de final, dupla que estava brigando pela liderança. O título geral soma os pontos das sete etapas da temporada, descartando o pior resultado de cada time.

André conquista o título brasileiro pela segunda vez, apesar de ter apenas 25 anos. A primeira foi na temporada 2017/2018, quando atuou ao lado de Evandro. Já George, 23 anos, leva o título pela primeira vez. A conquista também marca o bicampeonato do CT Cangaço, que na temporada passada levou o título com a então dupla formada por Ricardo e Álvaro Filho

André e George subiram ao pódio em quatro das cinco etapas disputas até aqui. Foram campeões em Vila Velha (ES) e João Pessoa (PB), vice-campeões em Cuiabá (MT) e medalha de bronze em Maceió (AL). Podem novamente ir ao pódio, agora em Aracaju (SE).

A abertura da temporada 19/20 aconteceu em Vila Velha (ES), em setembro, com ouro para Ágatha/Duda (PR/SE) e André Stein/George (ES/PB). Em Cuiabá, no mês de outubro, os títulos ficaram com Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) e Alison/Álvaro Filho (ES/PB).

Ribeirão Preto (SP) sediou a etapa de novembro, com ouro para Talita/Taiana (AL/CE) e Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF). A parada de João Pessoa (PB), em janeiro, contou com títulos para Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) e André Stein/George (ES/PB). Em Maceió (AL), ouro para Ágatha/Duda (PR/SE) e Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF).

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 46 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos mais de R$ 500 mil por etapa.

VEJA A GALERIA DE FOTOS DO DIA
https://2018.cbv.com.br/galeria/2271/aracaju-se---circuito-brasileiro---torneio-masculino---07.03.2020

VEJA OS RESULTADOS DO DIA
http://www.aplicativoscbv.com.br/circuitobb/tabopen/tabelatodas.asp?site=51&sexo=m

Disputa de ouro
Pedro Solberg/Guto (RJ) x Hevaldo/Vinícius (CE/ES) - 11h - SporTV 3

Disputa de bronze
André/George (ES/PB) x Allison Francioni/Fábio (SC/CE) - 8h30 - VoleidePraiaTV e Facebook

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro