Disputa do qualifying abre a sétima rodada feminina nesta quinta-feira

Publicado em: 18/02/2021 20:33

O torneio feminino da sétima etapa Open do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 20/21 teve início nesta quinta-feira (18.02). Ao longo do dia, 28 duplas entraram em ação no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), na disputa do qualifying em busca de um lugar na fase de grupos. Após 20 partidas oito times seguem na competição.

As parcerias classificadas foram Dany Neves/Thaís (MS/RJ), Flávia Moura/Bárbara Ferreira (RJ), Talita Simonetti/Victoria Strehl (CE/RS), Izabel/Teresa (PA/DF), Lucília Rosa/Alana (SP), Thainara/Sandressa (RN/AL) e Ana Luiza/Tory Paranaguá (SC/CE), e Andrezza/Rosimeire Lima (AM/AL).

Elas se juntam às demais duplas já garantidas na competição pelo ranking de entradas, que são Ágatha/Duda (PR/SE) e Ana Patricia/Rebecca (MG/CE), Bárbara Seixas/Carol Solberg (RJ), Josi/Juliana (SC/CE), Tainá/Victoria (SE/MS), Elize Maia/Thâmela (ES), Talita/Maria Elisa  (AL/RJ), Andressa/Vitória (PB/RJ), Érica Freitas/Thati (MG/PB), Taiana/Hegê (CE), Aline/Neide (SC/AL), Verena/Ângela (CE/DF), Carol Horta/Cacá Richa (CE/RJ), Val/Vivian (RJ/PA), Rafaela/Jéssica (PA) e Solange/Fabrine (DF/BA).

Nesta sexta-feira (19.02) todas as equipes jogarão duas vezes dentro do grupo, com os duelos começando às 8h. As duas melhores equipes em cada grupo, mais as quatro melhores terceiras, avançam para as oitavas de final, que será disputada no mesmo dia. As quartas de final e semifinais serão no sábado (20.02). Domingo (21.02) acontece as disputas por medalhas.

Os fãs poderão conferir todos os lances do torneio com as transmissões ao vivo realizadas no site voleidepraiatv.cbv.com.br, na fanpage da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) no Facebook, no aplicativo da CBV, e, a partir das semifinais, no sábado, exclusivamente nos canais SporTV.

A primeira dupla a se classificar pelo qualifying foi Ana Luiza/Tory Paranaguá (SC/CE) que venceu Ana/Caroline (SP) por 2 sets a 0 (21/14 e 21/7). Após a vitória, Tory avaliou a experiência que é jogar nesta fase da competição, e o aprendizado que se leva para o resto da etapa.

“É muita pressão jogar qualifying, então cada vez que a gente passa, ganha um pouquinho mais de confiança entrando na chave principal. E a gente está muito preparada e muito animada dessa vez. A gente quer ter um bom torneio na principal, então a gente está bem animada com essa vitória por 2 a 0. Acho que o maior aprendizado é adaptação. Treinar contra times bem diferentes que chegam aqui, que tem de todo tipo. Adaptar saque, passe, e jogar pensando o tempo todo, que é o que Reis gosta de forçar com a gente”, disse Tory.

Bárbara Ferreira e Flávia Mouta (RJ) entraram em quadra duas vezes para conseguirem um lugar no torneio principal. Primeiro passaram por Helena/Lari (SC) por 2 sets a 0 (21/11 e 21/15). No jogo seguinte enfrentaram Carolina Ferraris/Giulia Gávio (RJ), parceiras de treinamento da dupla. Bárbara e Flávia levaram a melhor por 2 sets a 0 (21/5 e 21/12). Para Bárbara o segredo foi o a disciplina tática.

“A gente está bem feliz. Conseguimos colocar em jogo o que a gente conversou antes. A gente está com uma energia boa e foi fluindo. Apesar do placar ter sido assim, foi bom, mas a gente se conhece muito. A gente treina junto, então a gente já veio sabendo que não ia ser um jogo fácil. Elas são uma ótima dupla. Demos o nosso melhor. O nosso sistema defensivo fez a diferença. A Flavinha corre demais, eu tenho uma grande confiança nela, na defensora que ela é, e isso fluiu muito bem”, contou Bárbara Ferreira.

A experiente Izabel, de 46 anos, forma dupla ao lado de Teresa, de 23. Elas avançaram na competição ao passarem por Fernanda/Mayara (BA/PR) por 2 sets a 0 (23/21 e 21/19). Para Izabel, que sentiu dores na parte posterior da coxa direita ao longo do duelo, foi justamente a experiência o fator decisivo para conseguir a vitória.

“Foi um jogo difícil no começo. Comecei errando muito, acho que estava meio insegura por causa da coxa. Quando você está lesionada, você tem um pouco de medo de fazer as coisas. Aí eu pensei - Pô, estou aqui, chuta, deixa pra lá, eu tenho que esquecer a dor e jogar. Foi depois que comecei a me concentrar mais, consertar o passe e conseguir fazer nossos pontos. Foi um jogo muito bom de superação, Teresa me ajudou muito. A experiência conta muito, tem que ter paciência. Essa tranquilidade que eu tenho é bom porque me tranquiliza e tranquiliza minha parceira. Então foi muito bom a gente conseguir superar, eu consegui esquecer a dor e jogar, e agora é me recuperar porque amanhã tem mais jogos”, explicou Izabel.

A última vaga no torneio principal ficou com Thainara e Sandressa (RN/AL), dupla que está junta a menos de dois meses e disputa a segunda etapa. Apesar do pouco tempo, elas mostraram entrosamento e venceram os dois jogos que participaram nesta quinta-feira. Primeiro superaram Welly/Camila (SP) por 2 sets a 0 (21/19 e 21/9). Mais tarde venceram Juliana Simões/Maria Clara (PR/RJ) por 2 sets a 1 (19/21, 21/14 e 15/11). A jovem Thainara, de 19 anos, teve grande atuação, principalmente no bloqueio, e analisou a atuação na partida que definiu a classificação da dupla.

“O bloqueio é um dos meus pontos mais fortes. Tenho uma impulsão boa, e isso facilita. A questão aqui era fazer uma leitura boa do jogo, do ataque delas. A Juliana e a Maria formam uma dupla muito competente. Estudamos muito esse jogo. Foi um tiebreak bem puxado, sabíamos que não seria um jogo fácil, e focamos no ponto a ponto”, comentou Thainara.

Dany Neves e Thaís (MS/RJ) jogaram duas vezes para garantir a classificação. Na primeira rodada venceram Nayanny/Josy (MA) por 2 sets a 0 21/17 e 21/15). E, no duelo seguinte, superaram Carol Goerl/Rúpia (RS/MG) por 2 sets a 0 (23/21 e 21/170. Talita Simonetti e Victoria Strehl (CE/RS) venceram Carol Cavalheiro/Mylena (PR/RJ) por 2 sets a 0 (21/16 e 21/14), e ficaram com uma vaga.  Andrezza/Rosimeire Lima (AM/AL) venceu Fran/Alê (SE/MG) por 2 sets a 0 (21/7 e 21/16), e avançou na competição. Completando a lista de classificadas estão Lucília e Alana (SP), que superaram Manu/Renatinha (RJ/MS) por 2 sets a 0 (21/12 e 22/20), e depois bateram Beatriz/Maria Fernanda (RJ) por 2 sets 0 (21/17 e 21/15).

CONFRONTOS DA PRIMEIRA RODADA

Grupo A

Ágatha/Duda (PR/SE) x Dany Neves/Thais (MS/RJ) – 9h40

Verena/Ângela (CE/DF) x Carol Horta/Cacá Richa (CE/RJ) – 9h40

Grupo B

Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) x Thainara/Sandressa (RN/AL) – 8h50

Aline/Neide (SC/AL) x Val/Vivian (RJ/PA) – 8h50

Grupo C

Bárbara Seixas/Carol Solberg (RJ) x Lucília/Alana (SP) – 10h30

Taiana/Hegê (CE) x Rafaela/Jéssica (PA) – 10h30

Grupo D

Josi/Juliana (SC/CE) x Flávia Moura/Bárbara Ferreira (RJ) – 8h

Érica Freitas/Thati (MG/PB) x Fabrine/Solange (BA/DF) – 8h

Grupo E

Tainá/Victoria (SE/MS) x Talita Simonetti/Victoria Strehl (CE/RS) – 9h40

Andressa/Vitória (PB/RJ) x Ana Luiza/Tory (SC/CE) – 10h30

Grupo F

Talita/Maria Elisa (AL/RJ) x Izabel/Teresa (PA/DF) – 8h

Elize Maia/Thâmela (ES) x Andrezza/Rosimeire Lima (AM/AL) – 8h50

TABELA DE JOGOS

GALERIA DE FOTOS

 O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro