Final será entre Ágatha/Duda e Ana Patrícia/Rebecca

Publicado em: 21/02/2021 01:00

A grande final da sétima etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia será entre as duas duplas que irão representar o Brasil nos Jogos de Tóquio. Ágatha (PR)/Duda (SE) e Ana Patrícia (MG)/Rebecca (SE) se enfrentarão neste domingo (21.02) logo depois da disputa pelo terceiro lugar, entre Elize/Thamela (ES) e Andressa (PB)/Vitória (RJ), que começa às 10h. Os dois jogos terão transmissão ao vivo do SporTV 2. Esta será a quarta final entre as duplas olímpicas nesta temporada.

Para garantir a vaga para a grande final, Ana Patrícia e Rebecca passaram por Thamela e Elize por 2 sets a 0 (21/26 e 21/17). Depois de ser eleita por votação popular a melhor da partida, Ana Patrícia fez questão de destacar o poder de resiliência do seu time depois de resultados abaixo do esperado na sexta etapa.

“É muita felicidade, com certeza. A gente veio de uma última etapa bem ruim, abaixo do que o nosso time costuma apresentar. Mas eu sempre digo que esses momentos de dificuldade nos fortalecem. A gente voltou para casa com o coração doendo, mas é isso que dá ainda mais vontade de trabalhar. E foi isso que a gente fez. Voltou para casa, trabalhou e, principalmente, acreditou que a gente podia estar aqui de novo, e deu tudo certo”, disse Ana Patrícia.

Na segunda semifinal desta noite, Ágatha e Duda superaram Andressa e Vitória por 2 a 0, com parciais de 21/18 e 21/12. Também eleita pelos torcedores a melhor em quadra, Ágatha destacou a garra de Vitória, que jogou a partida com dores no joelho.

“As meninas jogaram na raça. A Vitória sentiu e, mesmo assim, ela continuou jogando. Isso é muito espírito esportivo, espírito de atleta, de quem quer vencer e as duas merecem parabéns. Sobre amanhã, final com os dois times olímpicos e jogar contra as meninas é sempre um jogo muito tático, de inteligência, porque a gente se enfrenta muito nos torneios nacionais e internacionais também. Então, com certeza vai ser um jogão lindo”, afirmou Ágatha.

Mesmo sem contar com público presente em razão dos protocolos de segurança sanitária, as partidas não ficaram sem torcida. Alguns fãs do vôlei de praia tiveram a oportunidade de acompanhar os duelos por meio da “Arquibancasa”. Acessando um convite virtual que fica disponível nas redes sociais da CBV, os fãs interagiram com o animador e participaram de ações nos intervalos das partidas. O sistema foi exibido em telões na quadra central e trouxe animação e cores para dentro da competição.

Os torcedores também puderam eleger as melhores jogadoras em quadra de cada partida das semifinais por meio de votação no site e aplicativo da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Ana Patrícia e Ágatha foram as eleitas nos respectivos confrontos das semifinais. A disputa de bronze e ouro também contará com a votação.

Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 47 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos aproximadamente de R$ 538 mil por etapa.

Quartas de final

No primeiro jogo da manhã deste sábado, Elize Maia/Thâmela chegou à sua terceira semifinal da temporada após cair nas oitavas de final na etapa anterior. Elas venceram Carol Horta/Cacá Richa (CE/RJ) por 2 sets a 0 (21/16 e 21/11).

Elize e Thâmela se classificaram para enfrentar Ana Patricia e Rebecca (MG/CE), que também se recuperaram da etapa passada, a única em que elas não conseguiram chegar na semifinal nesta temporada. Nas quartas de final, a dupla olímpica derrotou Bárbara Seixas/Carol Solberg (RJ) por 2 sets a 0 (21/12 e 21/13).

Presentes em todas as semifinais da temporada, as líderes do ranking Ágatha e Duda (PR/SE) chegaram mais uma vez à fase decisiva, fazendo 2 sets a 0 (21/9 e 21/19) em Tainá/Victoria (SE/MS) na manhã deste sábado.

A dupla adversária de Ágataha e Duda foi Andressa/Vitória (PB/RJ), que chegou à segunda semifinal seguida. No único jogo das quartas decidido no tie-break, elas eliminaram Taiana/Hegê (CE): 2 sets a 1 (21/15, 19/21 e 15/10).

TABELA DE JOGOS

GALERIA DE FOTOS

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro