Ágatha/Duda e Bárbara Seixas/Carol Solberg disputam final neste domingo

Publicado em: 20 DE MARÇO

Ágatha/Duda e Bárbara Seixas/Carol Solberg disputam final neste domingo
Bárbara Seixas e Carol Solberg comemoram a classificação para final com a técnica Letícia Pessoa (Créditos: Wander Roberto/Inovafoto/CBV )

A grande final da oitava etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia (CBVP) colocará frente a frente as atuais líderes do ranking brasileiro, Ágatha (PR) e Duda (SE), e as cariocas Bárbara Seixas (RJ) e Carol Solberg (RJ). Elas disputarão o título neste domingo (21.03) na sequência da briga pelo terceiro lugar entre Taiana/Hegê (CE) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), que começa às 9h. Os dois jogos terão transmissão ao vivo do SporTV 2. Esta será a segunda final entre as duplas nesta temporada.

Para garantir a vaga para a grande final, Ágatha e Duda passaram por Taiana/Hegê, de virada, por 2 sets a 1 (18/21, 21/15 e 15/9). Depois da vitória na semifinal, Ágatha comentou sobre o jogo e a recuperação na partida.

“Jogamos contra um time novo. Mesmo conhecendo as jogadoras individualmente é diferente aprendermos como jogar contra a dupla. Viemos com uma proposta de sacar na Hegê, mas elas se encontraram no primeiro set e tivemos dificuldades. No segundo, passamos a sacar na Taiana e nos preparamos para as bolas rápidas delas. Hoje não nos encontramos no primeiro set, mas achamos uma forma de vencer o jogo”, analisou Ágatha, que ainda falou sobre o fato da dupla chegar na oitava final seguida do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia.

“Não é fácil chegar em oito finais consecutivas. É a primeira vez que acontece isso na minha carreira e isso está sendo uma preparação mental incrível para o nosso time”, afirmou Ágatha.

No segunda semifinal, Carol/Bárbara Seixas venceu a dupla olímpica Ana Patrícia/Rebecca por 2 sets a 0, com duplo 21/17. A medalhista olímpica Bárbara Seixas comentou sobre a classificação para segunda final com a parceira Carol Solberg.

"Com o tempo e o treinamento vamos nos entrosando cada vez mais como equipe. Ainda precisamos melhorar a comunicação dentro de quadra. A Carol é uma jogadora muito técnica então é fácil nos adaptarmos a diferentes situações. Estamos nos entendendo muito bem e a equipe está em sintonia. Estou me sentindo cada vez mais segura e confiante”, disse Bárbara, que ainda fez uma análise sobre a final deste domingo.

 “Amanhã vamos enfrentar a Duda e a Ágatha que é um time que conhecemos muito aqui do CBVP e ambas as duplas têm muitas informações uma sobre a outra. Elas jogam juntas há muito tempo, o que é uma vantagem, mas o jogo é jogado e temos que buscar fazer uma partida mais ofensiva e torcer para dar certo”, explicou Bárbara.

 Mesmo sem contar com público presente em razão dos protocolos de segurança sanitária, as semifinais não ficarão sem torcida. Os fãs do vôlei de praia têm a oportunidade de acompanhar os duelos por meio da “Arquibancasa”. Basta acessar um convite virtual para os internautas interagirem com o animador e participarem de ações nos intervalos das partidas. O sistema é exibido em telões na quadra central e leva animação e cores para dentro da competição.

Os torcedores também puderam eleger as melhores jogadoras em quadra de cada partida das semifinais por meio de votação no site e aplicativo da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Duda e Carol Solberg foram as eleitas nos respectivos confrontos das semifinais. A disputa de bronze e ouro também contará com a votação.

Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 47 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos aproximadamente de R$ 538 mil por etapa

GALERIA DE FOTOS

TABELA DE JOGOS

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais