Temporada 2021 começa em Santiago, e duplas brasileiras vão às semifinais

Publicado em: 30 DE MARÇO

Temporada 2021 começa em Santiago, e duplas brasileiras vão às semifinais
André e George conseguiram duas boas vitórias nesta terça-feira (Créditos: Federação de Vôlei do Chile)

Um dia depois do encerramento da temporada 2020 do Circuito Sul-Americano de vôlei de praia, a edição 2021 começou, com a primeira etapa sendo disputada novamente em Santiago (CHI). E o dia foi bom para as duplas brasileiras. Nesta terça-feira (30.03), George/André (PB/ES) e Elize Maia/Thâmela (ES) venceram seus jogos na fase de grupos e garantiram vaga nas semifinais, que serão disputadas nesta quarta-feira (31.03), na arena montada no Parque Peñalolen, na capital chilena.

Líderes do Circuito Brasileiro, George e André abriram o dia de competições com uma vitória tranquila sobre a dupla peruana Mauricio/Vasquez: 2 a 0, com parciais de 21/14 e 21/6. Na segunda rodada do grupo, novo triunfo em dois sets, desta vez contra Denis e Rivas, da Colômbia: 21/17 e 21/12.  Os adversários na semifinal serão os uruguaios Baldi e Hannibal, às 11h.

“Foi um dia bom para a gente. Dois jogos e duas boas vitórias de 2 a 0. A gente ficou três dias trancados no hotel quando a gente chegou aqui, então foi difícil esse começo. Primeiro dia, a gente teve que aquecer bem, até porque de manhã estava bem frio e a areia bem gelada. E à tarde completamente diferente, um sol bem quente, então a gente teve que se adaptar a cada jogo, a cada momento. São adversários que a gente não conhece muito bem, mas a gente conseguiu fazer o nosso muito bem, fazer bons placares e sair como um dos melhores na chave para classificar direto para a semifinal. A gente está feliz com isso, e agora é focar para amanhã”, afirmou André Stein.

O dia de Elize Maia e Thâmela foi bem parecido. Elas também iniciaram a manhã vencendo as peruanas Cinthia e Gaona por 2 sets a 0 (21/19 e 21/12), além da temperatura mais baixa. A vaga nas semifinais veio com outro 2 a 0 (21/17 e 21/11), diante da dupla colombiana Diana/Yuli. Nas semifinais, as capixabas terão pela frente Agudo/Gabi, da Venezuela.

“Fizemos dois jogos hoje e ganhamos os dois por 2 a 0. No primeiro jogo, pegamos condições um pouco diferentes das que a gente pega no Brasil, um frio de 10 graus para jogar, que foi um desafio para a gente. Mas, com essas duas vitórias, conseguimos classificar direto para a semifinal”, destacou Elize.

O torneio foi realizado sem público presente e seguindo protocolos sanitários. A competição contou com uma dupla em cada naipe de nove países sul-americanos, que foram divididos em três grupos com três participantes cada. Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Venezuela e Uruguai participam da competição.

30.03 (TERÇA-FEIRA)

FEMININO – FASE DE GRUPOS

Elize Maia/Thâmela (ES) 2 x 0 Cinthia/Gaona (PER) (21/19 e 21/12)

Elize Maia/Thâmela (ES) 2 x 0 Diana/Yuli (COL) (21/17 e 21/11)

MASCULINO – FASE DE GRUPOS

George/André (PB/ES) 2 x 0 Mauricio/Vasquez (PER) (21/14 e 21/6)

George/André (PB/ES) 2 x 0 Denis/Rivas (COL) (21/17 e 21/12)


31.03 (QUARTA-FEIRA)

FEMININO – SEMIFINAL

10h - Elize Maia/Thâmela (ES) x Agudo/Gabi (VEN)

MASCULINO – SEMIFINAL

11h - George/André (PB/ES) x Baldi/Hannibal (URU)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais